Frascos de Perfume



São como frascos de perfume. Os relacionamentos afetivos têm prazo de validade. Muitas vezes queremos espremer o vidro na esperança da última gota. Quando o ar se esgota não há força no mundo que possa retornar o spray. Por vezes o frasco se quebra em mil pedaços e a flagrância fica na casa durante um tempo. Daí vem o vento, vem a brisa, vem a poeira, vem as horas e dissolvem as partículas daquele cheiro bom. Fica só um resquício de aroma no ar.

Há perfumes que combinam com a nossa pele, outros não. E pele não é só sexo, pele é alma, é companheirismo. Uns possuem odores inebriantes, todavia não fazem parceria com a gente. Outros são suaves, mas que permanecem. Mas, jamais podemos esquecer que são só perfumes. Cada um tem o seu. Uns são amadeirados, fortes, duros com a vida. Outros são florais e sonhadores. Há também os cítricos, aventureiros e superficiais. Alguns deixam bom ar e boas lembranças. Outros deixam a atmosfera empestada com pensamentos funestos e desagradáveis.


Entretanto, o único olor que fica é o seu. A eternidade é você com você mesmo. Tome um verdadeiro banho com teu cheiro. Saia pela vida a exalar sua marca pessoal. Há narizes que se aproximarão de você com ar de apreciação. Outros torcerão o nariz. Não faz mal, este aroma é eterno, porém mutável. Ame-se! Este perfume jamais se esgota. Este frasco nunca se quebra!

Comentários

Postagens mais visitadas