20.12.17

PEQUENO, TEU OLHO VENCEU A ESCURIDÃO

Ainda resta um olho para poder enxergar a beleza do mundo. Sim, porque o outro foi perdido no bombardeio da ignorância.

Pequeno, que este olho, são e vidente, possa ver as cores que a natureza de Allah trouxe ao mundo. E que ele veja as ondas de um mar sereno que se esparge na areia. E que ele observe a paz que cresce em cada flor, mesmo a que nasce num terreno infértil e árido como a Terra.

E que a dor de perder um olho verta-se em milhões de sorrisos e abraços pela frente.

Teu olho perdido é um símbolo que marcará uma nova visão.

Bebê querido, nada foi em vão, recolhe as tuas lágrimas.

Teu olho enxergará muito mais horizontes.

E o olho que tudo vê permaneceu intacto.

Teu olho agora divisa o amor entre os homens.

Teu olho venceu a escuridão.

(Em homenagem ao bebê que perdeu um olho em um bombardeio na Síria. Hoje, o pequeno virou um símbolo na luta pela paz).

19.12.17

DIVERSIDADE - O UNIVERSO É PLURAL, ACEITE!

Deixem as pessoas serem o que quiserem ser!

Há alguns anos, eu implicava demais com aquilo que os outros vestiam. Ainda as vezes ainda me pego policiando os estilos. No entanto, de tanto bater a cabeça eu compreendi o sentido da frase de Jesus: - Olhai os lírios do campo. 

A natureza e a essência de cada um simplesmente não nos diz respeito. Basta aceitá-la. Ninguém precisa seguir um padrão pré-estabelecido, não somos um exército de formigas guiadas. 

Agora entendo, com o árduo aprendizado da espiritualidade e a chegada da maturidade, que as pessoas (almas) estão buscando suas identidades pelo mundo, ou melhor, sendo justamente  representantes daquilo que se identificam. Qual o problema disso? 

No Plano Espiritual, a diversidade é ainda maior. Lá, o pensamento tem a capacidade de plasmar aquilo que deseja, isto é, eu posso surgir, de repente, de moicano e cabelo azul, alto e desdentado.  Também posso me vestir de monje tibetano ou de mãe de santo baiana. Pouco importa, são apenas imagens...

Quem acredita em vida após a morte e reencarnação não pode ter qualquer preconceito. O espiritualista sabe que, se hoje ele é um cidadão dinamarquês loiro e sardento, ontem, há 300 anos, foi um beduíno negro vendedor de camelos. Em 1578, o cidadão X, que era um rico comerciante, obeso, abastado e glutão, em 1726, reencarnou como uma escrava africana mirrada e miserável. 

O machista da Jordânia, negociante de temperos da feira, que batia nas esposas quando estava bêbado de arak, depois de alguns anos voltou como um professor homossexual reprimido na Suécia.

Eu tinha um grande amigo negro, hoje desencarnado, que era racista. Tinha preconceitos contra a própria raça. Certa vez, quando estávamos em sua casa, propus a ele um exercício meditativo que consistia numa espécie de regressão de memória ancestral. Depois dele ter obedecido a todos os meus comandos, meu amigo se viu vestido de farda nazista em plena Segunda Guerra Mundial. Ele dizia amar o Fuhrer...

Há um segredo oculto em todas as formas de preconceito. Um troglodita macho que sente ódio dos gays, provavelmente esconde um desejo ardente e recalcado por homens, além de ter um histórico homossexual em diversas encarnações. 

Assim, o fascista já foi negro, o magro já foi gordo e a mulher rica dos Jardins já viveu na mais tenra miséria.

Deixem as pessoas serem aquilo que desejam, porque você, no passado, já foi tudo isso e não sabe de nada. 

O Universo é plural. 

8.12.17

ORAÇÃO DE CORAÇÃO, AUSCULTA DE DEUS

Falta oração.
Eu disse oração, e não reza decorada ou declamação.

Falta a gente se sentar no interior de nós mesmos e conversar com o Papai. Pode ser até com a Mamãe, por que não? Já que o Universo carrega também o feminino junto a si.

Orar de coração não é pedir. É se encontrar com a própria alma. Virar pra dentro de si e buscar o melhor no lado de fora.

Contar seus medos, ouvir suas queixas sendo ouvinte de si.  Escutar-se, ou melhor, auscultar-se.

É justamente no meio de um grito deste silêncio das estrelas é que vem o eco das respostas.

Orar é meditar com Deus.

Agora, se me dão licença vou orar.
Estou com vontade de deitar minha cabeça no ombro da Mãe Divina, assim como a Pietá, no colo materno, me sentindo protegido.

Eu ainda sou criança nos olhos da minha Mãe.
Ora pro Nobis.

Amém

6.12.17

Requerimento aos Senhores do Karma sobre a encarnação no Brasil

Prezados Senhores do Karma:

Venho por meio desta, solicitar às Vossas Excelências, a exclusão do meu nome no rol das próximas encarnações no Brasil.

Sei que o mundo atravessa uma crise, mas o trem aqui tá descarrilado demais!

Quando eu reencarnei, nos anos 1960, este país sofria mais um golpe, na ocasião militar, e com o patrocínio dos Estados Unidos. Penso que este país jamais deixou de ser colônia.

Em toda a sua história, o Brasil tem privilegiado grupos econômicos poderosos e classes mais abastadas. A escravidão nunca saiu da alma brasileira.

Desde criança, eu leio frases do tipo:  "Este é um país que vai pra frente!" ou "Brasil, a Pátria do Evangelho". No entanto, ultimamente este país tem se arrastado como um caranguejo e caminha mil passos pra trás... Eu não sei se li bem a frase, mas acho que a frase correta era "Brasil, a Pátria dos Evangélicos". Basta notar a bancada deles no Congresso e no Senado, e suas ideias retrógradas e preconceituosas.

Senhores, aqui, nesta terra, os milionários têm suas dividas perdoadas, enquanto que os pobres se matam para pagar as dívidas. Pode isso? E depois, na hora das eleições, o povo vitimado ainda vota em seus algozes.

Quando eu era criança, os meus pais diziam que este país acolhia a todos e que aqui não tinha guerra. Será? E o que os Senhores me dizem sobre as frequentes perseguições a diversos grupos étnicos como os negros, e minorias como  homossexuais e religiosos adeptos aos cultos afro-brasileiros? Aqui se persegue comunistas ainda...

Claro que todos os países têm seus problemas. E eu poderia ter reencarnado no Haiti, por exemplo. Poderia ser pior. Mas, eu tenho procurado fazer a minha lição de casa e ser um bom menino. Quem sabe eu não passo de ano e de lugar na próxima encarnação?

Complemento este requerimento com otimismo, mesmo que forçado, mesmo porque ano que vem a coisa pode ficar ainda mais complicada.

Aproveito para pedir ao Senhores que intercedam junto ao Criador para que o Brasil pelo menos tire o pé da lama e comece a limpar seus pés.

E como a voz do povo é a voz de Deus tomara que esta voz seja, de fato, de Deus e não de Adeus.

Gratidão e Adeus

Dos religiosos que se omitem

É notável que alguns grandes líderes religiosos e espiritualistas, muitos não tão grandes assim, têm mantido uma postura neutra diante do mo...