31.5.12

ESTA IMAGEM NÃO PRECISA DE TEXTOS.

"QUANDO TODOS PENSAM IGUAL É PORQUE NINGUÉM ESTÁ PENSANDO" - WALT LIPPMAN

Oração a Joshua


Oração a Joshua




Tu és o alívio e o bálsamo das dores

O teu Semblante abarca a compaixão tão cedo

Tira de nós os cravos deste medo

Livra o degredo dos nossos rancores



Levita o peso sombrio das nossas cruzes

E liberta-nos das tentações mundanas

No cume do teu amor despontam as luzes

Transmutam em paz as nossas mãos insanas



Fazei das nossas gotas, imensos mares

Por onde teus pés vão mais que benditos

E abençoa os nossos muitos lares

Por onde ecoam os lamentos, os gritos



Assim meu coração te clama

A chama, o peito que se abre em flores

Cores e amores ao invés de lama

A flor e a rama ao invés das dores



Teu manto vermelho da verdade

Cobre as sombras e desvela a nossa a luz

Meu pai é a taça da realidade

Deságua em mim e Eu sou Jesus!




30.5.12

SOMOS DE UMA MESMA ÉPOCA SEM TEMPO

O tempo é o maior maya do Universo. Quem liga para o tempo desliga para o mundo.

Há uma base cronológica de organização na sociedade. Imagine se não houvesse os horários? O ser humano, indisciplinado por natureza, soltaria os pinos se não tivesse algo para regrá-lo. Mas, o relógio não dita a alma. E o corpo também é um objeto, se for bem tratado, será preservado e eficiente.

O que confere as rugas são as preocupações, são as ânsias, as vicissitudes. O que dá pé de galinha é andar por caminhos tortuosos. É caminhar sem direção para o abismo. O que envelhece em nós é a falta de sonhos, a escassez de novos horizontes. Não que devemos passar a vida inteira sonhando, mesmo porque isso pode verter em pesadelos. Mas, que almejar algo que nos faça feliz, fazer planos, já é uma renovação. E pode acreditar nisso!

Eu sou da mesma geração que o meu pai e o meu filho, somos da mesma época. E as épocas também não existem para o Universo, apenas um teatro de cenários, a roda do karma. Eu não me limito a amar pessoas pela faixa etária. Eu não quero deixar de dançar só porque tenho mais de quarenta anos. Jamais a minha vida será sem as brincadeiras de roda. Assim, sentarei de igual a igual com meus filhos, com meus netos. Somos da mesma idade!

Quero ter filhos aos 50, 60, 70 anos...porque os meus filhos não são meus, são do mundo.
Eu sou um instrumento de Deus na Terra.
E vou cumprir a minha função até o final. Um final que não existe.

29.5.12

A MARCHA DAS VAZIAS

Para mim foi um tiro no pé. Fiquei dias para entender o mote do protesto... A proposta era vociferar contra o machismo que instituiu que uma simples roupa com um pouco de escândalo é sinal de vadiagem. Ora, eu não sou muito de controlar a roupa dos outros, mesmo porque aprecio estar com mulheres bonitas. Mas, também não gosto de virar alvo das atenções. Então, bom senso nunca é demais.

Por isso achei um pouco desinteligente taxar de "vadia" uma mulher que use algo mais sexy... E ainda colocar um homossexual para servir de ícone... Não estávamos falando de mulher?

Daí, as mulheres (e muitas delas, homossexuais que não tinham a ver com a história), saíram às ruas, gritando enfurecidas, com os peitos de fora, flechas apontando a vulva, dizendo que são...que são... vadias??? Então, qual o mote do protesto mesmo? Ter liberdade para ser Vadia?

Não seria mais inteligente se estas mulheres, em diversos locais do Brasil, se vestissem de maneira escandalosa e fossem promover ações sociais e humanitárias? Assim estariam dizendo que a roupa independe da alma, do espírito, do caráter. Visualizem um bando de mulheres de minissaia numa comunidade carente e que precisa de cuidados de prevenção de DSTs, Aids, entre outras? Não seria muito mais marketeiro e abrangente? É preciso repensar estes protestos vazios...

Um cartaz dizia: não viemos da sua costela, você vieram do nosso útero! Ora, o protesto é para suscitar ódio e competição entre os sexos? Ou para dar mais "consciência" aos machinhos de plantão? Machismo é uma estupidez radical. Feminismo também é.

Vale lembrar que na literatura hermética, o ser adâmico possuia os dois sexos. Sim, era homem e mulher. E que a separação veio a partir da consumação do pecado e de uma espécie de "castigo" de Deus. Então, nós viemos do Universo como seres andrógenos. E tenho a plena convicção que voltaremos a esta condição de androginia (eu não digo baixaria, ok?) quando estivermos prontos para ser plenos.

Sendo assim, por favor, preencham com mais conteúdo as suas marchas...

28.5.12

25 - MAIS UMA VEZ - MAURÍCIO DUBOC E CARLOS COLLA - SÉRIE "AS 100 MELHORES MÚSICAS DO BRASIL"

E por falar que eu não falei em Roberto Carlos...

Esta canção, Mais uma Vez, para mim, sintetiza o que é a veia romântica do cantor e compositor de maior sucesso no Brasil. Eu a conheci em 1982, mas a canção é de 1978, dos compositores Maurício Duboc (que é pianista) e Carlos Colla.

Vamos fazer o seguinte, se você estiver passando por turbulências emocionais se tranque num quarto e coloque esta canção para ouvir. Duvido que você não derramará pelo menos uma lágrima. O mais durão vai engolir seco...

E a história da canção é linda demais! Os acordes belíssimos, são próprios dos anos 70. Esta canção passou despercebida num álbum que tinha Café da Manhã e Lady laura, mas, de longe é a mais bela do disco.

Não ligue para o arquivo visual, escute a canção e sonhe com o amor:
http://letras.terra.com.br/roberto-carlos/68563/

AS SABOTAGENS DA GENTE e o TUDO DE BOMMM

Quantas vezes eu me pego investigando a possibilidade de tudo dar errado? Fuço daqui, controlo de lá e procuro incessantemente um erro, um deslize qualquer para que eu possa desistir de algum projeto, de alguém que gosto muito. Isso tem um nome e se chama Auto-sabotagem.

Deve ser porque a gente não crê muito na gente e a autoestima está lá embaixo. De repente pensamos com a nossa sombra que não merecemos a felicidade, a paz, a possível alegria. Lembra de quando está tudo bem e a gente fica se perguntando: hum, não sei não, tá tudo muito bem..acho que vai acontecer alguma coisa....

Sabe o que é isso? É a auto-sabotagem, a gente acha que a gente não merece a felicidade!

Entretanto, posso afirmar categoricamente e em letras garrafais: EU MEREÇO TUDO DE BOMMMM. (assim,bem mantrânico mesmo...). Então tenho que atrair o Melhor para mim. E não estou falando isso da boca pra fora não, eu mereço mesmo!

Então, toda vez que você se auto-boicotar, pare sua ações e perceba a razão pela qual está fazendo isso.

A máxima desta semana é essa, merecer o BOMMMMM.

25.5.12

24 - DIA BRANCO - GERALDO AZEVEDO e RENATO ROCHA - SÉRIE "AS 100 MELHORES MÚSICAS DO BRASIL"

Dia Branco, de Geraldo Azevedo e Renato Rocha, foi gravada por dezenas de pessoas. Acho que ela representa a canção mais romântica do nordeste. E a letra é simples, mas bem tocante. Fala alto aos corações, grita! Foi gravada em 1985 pelo próprio Geraldo Azevedo, mas ficou mais célebre depois no cd Grande Encontro, em parceria com Elba Ramalho, Zé Ramalho e Alceu Valença.

Geraldo Azevedo ficou conhecido por Taxi Lunar que é uma composição bem interessante. Adoro também Bicho de Sete Cabeças de sua autoria.

Trata-se de um belo violeiro e músico. A canção é pra ser escutada com o coração, prefencialmente num pôr do sol.

Aqui a versão original:
http://www.vagalume.com.br/geraldo-azevedo/dia-branco.html

SAUDADE SEM PROMESSAS É UM ASPIRADOR DE ENERGIAS

Entendo que a saudade deva ser algo otimista. Uma promessa de bons ventos. Se eu sentir falta de alguém que eu não posso ou não devo mais ver, então seria melhor que este sentimento não existisse. Tenho certeza que todos os que me leem já sentiram muita saudade de alguém que não podiam. É uma sensação estranha de impossibilidade, de proibição. E não adianta recorrer às fotos, imagens, mensagens, lembranças, isso dói mais.

Saudade tem que ser boa, tem que ser algo produtivo. Se for algo que você tem que esquecer, então é uma emoção que produz mais tristeza, melancolia, ansiedade.

Há momentos na nossa vida que a preservação da nossa espécie emocional é o mais importante. Um auto-valor do que a gente representa no mundo. Que de nada adianta mendicar amor? Isso seria o mesmo que matar a sede com algo que nos dará mais sede.

Quando um sentimento começa a agir como um aspirador de energias é melhor tentar ir embora dele.

24.5.12

UCRANIANOS SEM CRÂNIOS MATAM ANIMAIS PARA CRIAR CENÁRIO FAKE NA EUROCOPA

Qual é a capital da Ucrânia mesmo? Alguém sabe? Alguém conhece? Se eu perguntar para quinhentas pessoas, creio que apenas uma saberá responder. Pois bem, esta capital pela qual eu não sei o nome, está assassinndo os seus cães de rua para "melhorar" a imagem do país na Eurocopa!

Ora, como pode este Estado matar seres vivos, soltos nas ruas por irresponsabilidade destes próprios ucranianos, para construir uma imagem mais positiva deste país? Será que eles ainda estão na Unidade Européia?

Pelo que sei, grande parte dos países do velho continente, não tem mais estes costumes medievais contra os animais, não? Tirando um ou outro, como a Espanha (exclusive Barcelona), partes de Portugal, entre outros, que ainda promovem ainda a barbárie das touradas, os países europeus respeitam os bichos principalmente os de rua. Ou estou enganado?

Então, eu vou pedir um favor aos amigos leitores do meu blog que estão na UE e aqui no Brasil. Compartilhem esta notícia odiosa para todos os que amam os animais. Vamos fazer um barulho extra contra este bando de ucranianos sem crânio, vestidos de violência e que desejam promover uma atmosfera "fake" de um país em franca decadência.

A Senhora FIFA deveria punir esta atitude (muito mais que antiesportiva) como anti-humana.

O link da notícia está aqui: http://tvuol.uol.com.br/assistir.htm?video=capital-ucraniana-sacrifica-caes-de-rua-para-melhorar-imagem-04024D1B3970E4B92326&tagIds=4597&orderBy=mais-recentes&edFilter=editorial&time=all&

SONETO SEM NEXO

Eu me rendo ao meu amor por você
E choro todos os dias ao lembrar-te
Mesmo sem te tocar eu te toco para dentro de mim
E assim te broto em meus olhos como uma lágrima

Eu entrego totalmente o meu amor pra você.
E  não há poema que expresse o que eu sinto.
As palavras ficam poucas, eu mal consigo ver o que escrevo
A tua poesia é desconexa, diferente de todas.

Não há rima, eu sei, mas eu não consigo mesmo.
Poderia tentar uma agora assim a esmo.
Mas, nada expressa a vontade louca de correr pra você.

Ah, minha alma, amor meu, meus dias com vida.
Ah Deus, essa letra sem nexo, sem lida, sem tema.
Que não consigo escrever e terminar o poema.

23.5.12

VOCÊ NÃO SITE DE MIM

PARA QUEM DESCONHECE MEU TRABALHO MUSICAL AQUI VAI UMA DEGUSTAÇÃO. MÚSICA E LETRA MINHA.
A VOZ TAMBÉM.
E O VIOLÃO É DE SÉRGIO GAMA.



Daqui a pouco precisarei das tuas respostas. O meu silêncio serão as perguntas.

AGRADECIMENTO AOS LEITORES

Meus espiões e leitores.

Quero agradecer a todos vocês pelo apoio e leitura do meu blog. São pessoas do mundo todo e dos mais recônditos rincões do Brasil. Gente do nordeste, do Rio, de Minas, de São Paulo, dos estados do sul, do centrão, cidades que eu estou aprendendo agora a conhecer. Viva!

Pessoas do amado Portugal, até da região da minha família, em Viseu, do Porto, de Vila Nova de Gaia, de Lisboa, do país todo (e que belo Estado!). Pessoal da Noruega! Da Itália, inclusive da região da minha genética, Turim, dos EUA, da Dinamarca, da África, de países europeus, da Argentina, Peru e Colombia, etc.

Bom ser lido! Venham sempre! Muitos obrigados! Salve a gente!

TOPO NAS PARADAS DA EVOLUÇÃO

Ok. Você atingiu o patamar máximo do sucesso! Você está no auge das paradas! Todavia, seu EGO é muito maior que o seu êxito! Cada degrau que você pensa egoicamente subir por aqui, é um que você desce na tua evolução.

Desde criança você sonha em se destacar no mundo. Sim, você tem talento, mas não tem luz porque luz é para poucos...

Eu me enganei de poema. Eu pensava em ter escrito a tua alma. Mas, no entanto, eu escrevi a minha alma em você. Projeção de mim mesmo na sua pequena pessoa. Você não tem aquele jeito, você tem outro que, cada vez mais, se evidencia com o tempo e com as tuas atitudes.

Você sabe que do outro lado ninguém é famoso? Não tem fã-clube no plano astral para carregar sua vaidade. Lá você é igual aos outros e tenho certeza que a tua infinita depressão se faria presente, te faria umbralina.

Você não se acanha em usar os outros para o seu bel prazer. E assim, suga as pessoas conforme o seu interesse. Depois, como um bagaço, joga fora o que restou. São incontáveis as pessoas que você praticou este abuso energético. Este texto está fluindo tão natural porque é um composto de várias mãos espirituais. Ele é austero mesmo.

Hoje, as luzes da ribalta se acendem para você. Mas, quem há se curar a sua escuridão? E quando não houver mais holofotes? Entendo que a sua melancolia e tristeza tem muito mais a ver com a sua sombra. Não quero teu mal, apenas tua tomada de consciência. Mas como lucidez não se compra... lucidez não se vampiriza.

O sucesso é bem mais perigoso que o fracasso. No fracasso já estamos no chão, no êxito estamos no alto e o tombo é avassalador, machuca demais. E eu vou estar por perto para ver, de fato, a sua essência. E as máscaras que você coloca diarimente em seu rosto cairão por terra.

Nesse momento, o Universo te dá corda e mais corda para que você possa se enforcar com ela.

22.5.12

PASTÉIS E TRAVESSEIROS

Sim, ele veio quente e crocante. Quando mordi a borda senti o inigualável. Quando fui experimentar o recheio cheguei às alturas. Refiro-me dos Pastéis de Belém feitos e comidos na própria Pastelaria de Belém, que data de mil oitocentos e trinta e lá vai pedrada. Imaginei o Pedrinho, o nosso 1º imperador e o 4º deles, quando voltou à Portugal deve ter experimentado a novidade. Quem já comeu clones de pastéis de nata, principalmente o de Belém, sabe da heresia de chamar qualquer coisa de Pastel de Belém. E deve ser degustado puro, sem açucar e canela (eles colocam na mesa, caso queiram experimentar). E o lugar é um labirinto de salas e salas e mais salas lotadas. Eu fui duas vezes e comi quatro, duas em cada. Não fosse meu senso de responsabilidade teria comido uns oito.

Os Travesseiros de Sintra, ai os Travesseiros de Sintra... Um sonho confeccionado pela Fábrica Periquita, também do século retrasado. Lá em Sintra, aliás um lugar único e bucólico com cheiro de pinho, há duas lojas da Periquita com os tais travesseiros e as queijadas. Os Travesseiros são folhados com um recheio quente de amêndoas e ovos. Muito doce, mas saborosíssimo! Fiquei imaginando aquilo com um sorvete neutro de baunilha... As queijadas são boas, mas nem tanto como os travesseiros.

Comi também as tortas de azeitão, uma espécie de rocambole amarelo e pequeno como recheio de quê? De quê? De ovos, é claro. Não comi os ovos moles de Aveiro porque estava com saco cheio de tanto ovo (aliás, que frase é esta... Eu sempre estou com o saco cheio de ovos).

Engraçado que, Portugal, não tem padaria como a gente de São Paulo está acostumado. Têm cafés que são bares e pastelaria que fazem doces e alguns salgados. Padarias são bem poucas e pequenas. No Brasil, se você está com fome, pode passar numa padaria ou lanchonete de rua ou trailler e encontra uma profusão enorme de salgados, entre sandubas, esfihas, pizzas, pães de queijo, coinhas, empadihas, etc. Lá só tem doces com ovos e dois ou três salgados com fiambre ou bacalhau. Têm as tostas de queijo ou fiambre.

São Paulo é a melhor cidade do mundo para se comer.

23 - CHORO BANDIDO - EDU LOBO E CHICO BUARQUE - SÉRIE "AS 100 MELHORES MÚSICAS DO BRASIL"

"Mesmo que você fuja de mim por labirintos e alçapões. Saiba que os poetas como os cegos
 podem ver na escuridão". Que frase é essa?

Para o maior compositor melódico do Brasil, Antonio Carlos Jobim, Choro Bandido é uma das canções que ele invejava não ter sido composta por ele.

A canção é do ótimo Edu Lobo, em parceria com genial Chico Buarque. A música foi lançada em 1997 no cd Álbum de Teatro, de Edu e Chico.

Quando eu escuto esta canção me dá vontade de chorar. Sim, de chorar um choro bandido. Abaixo segue a letra e a versão de Chico, Edu e Tom.

Choro Bandido

 

Mesmo que os cantores sejam falsos como eu
Serão bonitas, não importa
São bonitas as canções
Mesmo miseráveis os poetas
Os seus versos serão bons
Mesmo porque as notas eram surdas
Quando um deus sonso e ladrão
Fez das tripas a primeira lira
Que animou todos os sons
E daí nasceram as baladas
E os arroubos de bandidos como eu
Cantando assim:
Você nasceu para mim
Você nasceu para mim
Mesmo que você feche os ouvidos
E as janelas do vestido
Minha musa vai cair em tentação
Mesmo porque estou falando grego
Com sua imaginação
Mesmo que você fuja de mim
Por labirintos e alçapões
Saiba que os poetas como os cegos
Podem ver na escuridão
E eis que, menos sábios do que antes
Os seus lábios ofegantes
Hão de se entregar assim:
Me leve até o fim
Me leve até o fim
Mesmo que os romances sejam falsos como o nosso
São bonitas, não importa
São bonitas as canções
Mesmo sendo errados os amantes
Seus amores serão bons

ESCUTE:
http://www.youtube.com/watch?v=hQ7GZK60BDY

EU VERSUS ANSIEDADE

1 - Calma! Não adianta você gritar desesperadamente no meu ouvido. Além do quê, se eu te escutar e fizer todas as tuas vontades eu vou me dar muito mal...

2 - Mas, eu tô sofrendo. Não percebe que quanto mais o tempo passa, mais difícil fica a situação?

1 - Ao contrário. Relaxa! As coisas têm um tempo para se resolverem. Você está sofrendo por antecipação. Respira fundo...

2 - Mas, e se não resolver? E se eu perder tempo. Tenho tanto medo...

1 - Se você agir deste modo tão intempestivo você se prejudicará. Despressuriza! Tudo isso é fruto do seu pensamento. Pode até ser uma auto-sabotagem.

2 - Acho que não vai dar certo...

1 - Se você pensar assim dará um passo para o fracasso. Então, na medida certa do equilibrio, deixe as coisas fluirem naturalmente. Comece a trabalhar em prol de você mesmo. Use esta energia a seu favor. Quando você muda, as coisas mudam ao seu redor. Somos um mecanismo de Deus. Tudo está bem...


O 1 é uma pessoa madura e consciente.
O 2 é ansiedade.

Quem você acha que está sendo mais razoável?

21.5.12

TELESMA

Amada, se eu não bastar para tê-la ao meu lado, então não valerá a pena.
Se o meu amor não sustentar tua alegria, eu saio de cena.
Não quero lutar por ti numa arena de sonhos em meu leito.
Quero apenas entregar meu coração para que ele possa servir-te, ao teu peito.

Amada, não prezo te ofertar um menu dos meus benefícios.
Nem tampouco listar manias, virtudes e vícios.
Creio que minha alma e o meu corpo buscam só o teu amor.
Assim, apenas entregue o teu, se te bastar o meu sem dor.

Eu prometo juntar a tua rima pra compor o que falta dos versos.
E untar meu brilho à tua estrela, fazê-la criar universos.
Assim não te peço que me ofertes mais nada a não ser a ti mesma.
E só assim se criará vidas e mundos a partir da nossa telesma.

AS PESSOAS QUE ERRAM O TEMPO

Quando você quer e a pessoa não quer, é ruim, mas o que há de se fazer? A pessoa não quer mesmo... Não se trata de uma rejeição pelo que você é e sim, um fato absolutamente comum. Muitas vezes você também não quer, não é? Mas, tudo tem um jeito pra se dizerde uma maneira que não incomode tanto a outra pessoa. Isso é ética e respeito.

E se você quer, a pessoa quer, mas tem medo ou dúvida? Aí o negócio complica porque você fica sem saber como agir. Você fica perdido sem noção de como deve proceder. Será que devo continuar querendo? Será que a pessoa gosta mesmo? Será que ela terá coragem?

Tudo isso pra dizer que as coisas mais simplificadas, as mais naturais, sem tantas epopéias e lutas árduas acabam sendo as melhores. Claro que se é difícil você valoriza mais quando ganha, mas se demora e complica demais, enche o saco e passa do ponto.

Então, tem tempo pra tudo. Pra indecisões, pra dúvidas, pra medos. Depois que passa o tempo demais, embolora.

Eu sou bem assim, depois que passa a temporada, não adianta juntar os cacos. Quando meu coração transmutou não há modo de retornar a energia passada. E isso mexe com muitas pessoas.

Teve gente que, enquanto eu queria, desejava e até gostava demais, não estava na "vibe" por medo ou dúvida. Depois que tudo se passou e foi embora do meu coração, aí a infeliz aparecia e caia do cavalo. Errou no tempo.

Então, vamos acertar os ponteiros do nosso tempo bom?

18.5.12

AS ROUPAS QUE DEVEM SER USADAS AGORA

Maomé disse "viva cada segundo da sua vida como se fosse morrer amanhã". Sim, o precursor dos muçulmanos tinha razão. Isso não significa que a gente deve se entregar a todos os desejos de uma maneira desenfreada. Isso seria morrer a sua vida. Mas, jamais devemos deixar pra ser felizes amanhã. Jamais devemos adiar o que podemos vivenciar hoje. Afinal, tudo pode estar por um segundo. Tudo muda e até o cenário tão feliz e sonhado de um céu azul com praia pode se tornar cinzento e chuvoso numa ventania.

Se você deixa pra usar as suas melhores roupas para depois elas podem se puir no armário, Quantas vezes eu fiz isso e quando eu fui colocar aquela camisa especial ela já estava amarelada e carmomida pelas traças... A gente tem que vestir a felicidade agora. Já! Se amanhã ou depois esta situação que a gente vive mudar (e sempre muda) pelo menos a gente vivenciou. O que ocorre muitas vezes é que as pessoas deixam para viver seus momentos quando estes já passaram...

Acerte os ponteiros do relógio da sua vida.

17.5.12

QUANDO O NOSSO PEITO É FORRADO DAS ALMOFADAS DE COMPAIXÃO, NADA SE QUEBRA EM NOSSO CORAÇÃO.

I-PHONE, I-PAD E EU, I-DIOTA

Entramos no restaurante e logo pegamos uma mesa. Minha amiga estava afoita, sofrida, chorosa. Ansiosa para contar os detalhes de uma possível relação amorosa. Sentamos e logo eu pedi um café. Ela foi pro sanduíche com refrigerante zero.

- Deixa eu te contar. Então, ele respon..., só um minuto - o celular dela fez Plim.

Chegou meu café. O lanche dela ainda não tinha vindo. Ela respondia o torpedo pelo seu teclado touch screen. Pronto. Voltamos.

- Ai, desculpa, era a Tati. Então, ele respondeu minha mensagem de um modo assim... - Plim, o celular de novo apitou. Só um momento. - pediu pra mim.

E respondeu a mensagem da amiga, agora de maneira mais demorada. Pronto. Voltando.

- E você sabe o que ele me disse?

Nesse momento, acabara de chegar seu lanche quase desmontado.

- Ai, pera. Que delícia! - mordendo um naco substancial...

Eu já tinha acabado de tomar meu café, quando ela prosseguiu de boca cheia.

- O cara não é foda? Eu dou a maior atenção pra ele e ele me responde assim? - Plim, de novo o celular. Era o cara.

- Ai meu Deus, é ele! Espera um pouco. 

Pedi outro café. Nesse momento ela engoliu pedaços monstruosos do sanduba entrecortados pelas mensagens de texto pelo i-phone. Chegou meu café. Ela já estava acabando sua refeição, quando o cara deu uma trégua.

- Putz, a gente não tá conseguindo se falar, né? Mas, me conta, e você? - Plim, era o diabo de novo.

E assim, outra verdadeira avalanche textual. Ela sorveu o último gole de refrigerante e disse:

- Querido, foi muito bom te ver. Adoro falar com você. Mas, eu tenho que sair correndo. O Adilson vai entrar no msn daqui a meia hora. Você se incomoda se eu for embora?


Acredito que isso esteja acontecendo com certa frequência com as pessoas. E também creio que ninguém aprofunde mais suas relações. Tudo é breve, virtual. Onde está a humanidade? Estamos criando uma espécie de seres humanos que só se relacionam virtualmente e não assumem suas vidas reais.

Eu gosto de tecnologias, mas eu prefiro as pessoas.
Acho que vamos voltar à idade da pedra.







22 - OCEANO - DJAVAN - SÉRIE "AS 100 MELHORES MÚSICAS DO BRASIL"


"Amar é um deserto e seus temores. Vida que vai na cela destas dores". A canção "Oceano" foi lançada em 1989, num disco memorável (creio que só perde para o autoral "Luz", de 1982). A faixa tem a participação do majestoso Paco de Lucia, violonista espanhol que tive o prazer de ver tocar ao vivo. O solo de Lucia é um dos pontos altos da música.

A letra é belíssima e a melodia, arrebatadora. Uma canção completa. Creio que foi a última grade obra-prima do cantor e compositor alagoano Djavan.

O começo da letra tem uma frase belíssima: Assim que o dia amanheceu lá no mar alto da paixão,
dava prá ver o tempo ruir...

Eu gosto também da versão de Caetano, com voz e violão. Mas, a do próprio autor é definitiva.

OCEANO

Assim
Que o dia amanheceu
Lá no mar alto da paixão,
Dava prá ver o tempo ruir
Cadê você?
Que solidão!
Esquecera de mim?
Enfim,
De tudo o que
Há na terra
Não há nada em lugar
Nenhum!
Que vá crescer
Sem você chegar
Longe de ti
Tudo parou
Ninguém sabe
O que eu sofri...
Amar é um deserto
E seus temores
Vida que vai na sela
Dessas dores
Não sabe voltar
Me dá teu calor...
Vem me fazer feliz
Porque eu te amo
Você deságua em mim
E eu oceano
E esqueço que amar
É quase uma dor...
Só sei viver
Se for por você!

Escute:
http://letras.terra.com.br/djavan/11337/

16.5.12

QUANDO A GENTE AMA ATÉ AS DOR FICA MAIS MANSA - MENSAGEM DO PAI JACÓ

As pessoa fala, mas elas mesmo tem muito preconceito. Elas fica falando que não se incomoda, que tá tudo bem, quando na verdade, fica se remoeno por dentro. É um tar de pega pra capá. É a mãe que fala que a fia não pode se envorver com um preto, é o pai que diz que o fio tá com uma sirigaita. E a pobre que diz que o rico só qué se aproveitá, é o rico dizendo que o pobre não vai dá vida pra sobrinha. É um monte de besterage que a gente vê por aqui...

Uma hora porque é mais véio, outra hora é porque é muito novo. Um trabaia demais, outro é vagabundo. Um é duro que só o pau, outro tem bufunfa e só qué sacaneá. As pessoa fala, mas elas são a primeira a mostrá as diferença. Tem um discurso bonito, mas na hora do vamo vê, a hora que a água bate na bunda, elas mostra a cara.

Aqui, desse lado não tem essa besteira não. Aqui todo mundo é gente. Não tem gente tipo véia, nova, pobre, rica, preta ou branca, tem gente e isso é que importa. Importa sim é a gente gostá! Importa a gente ficá feliz e crescê. Isso sim. Então para de enchê os picuá dos outro e de repará na vida das pessoa. Vai cuidá da sua vida que já é complicada.

O amor é a maior dádiva que nois tem. É pra isso que a gente vive. Pra amar a gente mesmo, ama os nosso velhos, amar os nosso fio, as nossa criação, os nosso amigo, irmão, marido, mulher... É isso que nos faz feliz de verdade.

Para de bubiça e vai ser feliz, égua! Desempaca pangaré!

Quando a gente ama de verdade, até as dor fica mais mansa.

Pai Jacó.

15.5.12

OS CONSELHEIROS ERRAM. A VERDADE ABSOLUTA ESTÁ COM DEUS

É muito complicado destinar alguém como a tábua da nossa salvação. Ninguém pode ser o detentor da verdade absoluta, apenas de algumas verdades (e o que é a verdade?) relativas. Seja pai, mãe, marido, filho, namorado, padre, pai de santo, pastor, sábio, sacerdote, terapeuta, psicólogo ou simplesmente um amigo.

Ontem, uma amiga muito amada veio em casa chorando porque seu terapeuta ou psicólogo (como preferirem) deu de ombros, desdenhou e condenou uma atitude da moça. Ora, será que algum profissional da saúde mental é tão sadio assim a ponto de prejulgar ou condenar a atitude de alguém? Por acaso, a verba paga a estes profissionais contempla o desdém ou a condenação? A resposta é não. Terapeuta, psicanalista, padre, médico, pai de santo ou pastor também tem seu dia de paciente ou de fiel desesperado. Eles erram e muito!

Para isso existe um mecanismo que se chama bom senso, que é capaz de filtrar o que nos cabe ou não. Afinal, quantas vezes os chamados conselheiros de reis, rainhas, imperadores, ministros, não se enganaram e levaram as pessoas à ruína?

E, sinceramente, a nossa alma, a nossa intuição e o nosso coração (não a nossa emoção descontrolada) sabe muito bem o que são verdades relativas.

A Verdade Absoluta está com Deus.

14.5.12

VERSO PLASMA

As vezes, a falta de ti me assombra como um fantasma.
E a tua imagem cola em mim feito um miasma.
Materializa em meu peito com meu ectoplasma.
E pasma e plasma, me causa asma.


O MOMENTO É AGORA, O PRESENTE DO TAO

Quando alguém vive o Aqui e o Agora consegue transformar a vida num verdadeiro presente.
Mas, e quem consegue fazer isso? Quem não tem recordações? Quem não vive lembranças? Que não se atemoriza pelo passado? Por outro lado, quem não espera? Quem não tem expectativas? Quem não projeta um futuro?

A mente vaga, passeia pelo tempo. Claro que o segredo é vivenciar o presente. Mas, ninguém que eu conheço, vivo ou desencarnado é tão pleno de presente. De vez em quando derrapamos no tempo. As vezes, adiantamos ou atrasamos os ponteiros da nossa cabeça e pensamos num tempo que já foi ou que vai. Todo mundo é assim.

O passado já foi. Mas, temos que aprender com ele. Isso significa experiência. O futuro ainda está por vir. E, muitas vezes, na busca do ótimo perdemos o bom. Então, a gente começa a plantar agora para colher na hora certa depois.

O Taoísmo prega muito esta vivência. Vivenciar o agora e deixar que o TAO tome conta da vida da gente. O TAO é Deus, é o Todo, é o Universo. O taoísta prega o WU WEI que significa "o agir pelo não agir". Não aja e assim o TAO age por você.

Na maioria das vezes a gente interfere nas ações de Deus e acaba atrapalhando o nosso próprio Destino. Vamos então fazer uma parceria com o TAO? Deixar com que Ele aja em nossas vidas?

Fazer a nossa parte com bom senso. Mas, deixar com que o TAO faça a parte Dele em nós.

11.5.12

O AMOR DE GIBRAN - COM LETÍCIA SABATELLA E MARCUS VIANA

Eu não consigo escrever nada hoje. Somente vou postar isso.
Faz parte de um cd de autoria do Marcus Viana e da Letícia Sabatella que se chama Poemas Místicos do Oriente.

Você pode encontrar o cd pelo site www.sonhosesons.com.br

VEJAM O ARQUIVO E FIQUEM EXTASIADOS:

http://www.youtube.com/watch?v=X9TlCr2IXbU&feature=related

21 - OLHOS DE FAROL - FLÁVIO HENRIQUE E RONALDO BASTOS - SÉRIE "AS 100 MELHORES MÚSICAS DO BRASIL"

Quem já viu aquele filme "Feitiço de Áquila", história em que um lobo e uma águia se amavam, mas não se encontravam porque a águia vivia de dia, e o lobo, à noite, vai se lembrar da película quando escutar esta canção.

"Olhos de Farol" deu nome ao disco de 1999 de Ney Matogrosso. Hoje despertei com a música no ouvido. É um poema cantado, assim como a minha Jeito de Mato. E a força interpretativa do Ney Matogrosso chega a arrepiar.

Seus versos são lindíssimos:

Por que só vens de madrugada
E nunca estás por onde eu vou?
Somente em sonhos vi a luz
Da lua cheia
O canto da sereia
No breu da noite eu sei que
Reinas a me refletir
Olhos de farol
Porque tu és a lua e eu sou o sol
Porque só brilhas quando eu durmo
Sou condenado a te perder
Eu só queria ver andar na ventania
Luar do meio-dia
Na minha fantasia, ainda sou teu pierrô
E disfarço mal
A lágrima de amor no carnaval
Eu te vi em sonhos
A boiar no meu jardim
Lua de cetim entre os lençóis
E no céu sem nuvens
Podem as miragens
Se tornar reais e são dois sóis
Eu te vi rainha
Dona de nós
Imitar a voz dos rouxinóis
E no céu em chamas
Podem as miragens
Se tornar reais e são dois sóis

Escute aqui a canção:
http://letras.terra.com.br/ney-matogrosso/777140/]


10.5.12

"EU ME CONDENO À FELICIDADE"

A VOLTA DE ISMAEL E A PAZ ENTRE ISRAEL E A PALESTINA

Abraão é o pai dos judeus e dos árabes. Se eles são filhos do mesmo patriarca, então eles são irmãos, por parte de pai. Muita gente sabe disso, a maioria não sabe. Mas, quem sabe finge que não sabe ou não quer saber. Então, toda esta briga por terras e posses não passa de uma briga de família por um inventário estúpido, por um poder que não existe mais.

Longe de mim ter a força de dissuadir uma guerra que se extende a centenas de anos. Mas, vamos ser razoáveis?

O pai Abraão era casado com Sara (nome bem judeu, hein?). A mulher não podia ter filhos, era seca, como os antigos diziam. No entanto, percebendo que Abraão deveria ter descendentes diretos, Sara pediu à sua serva Agar que se deitasse com Abraão para conceder um filho dele, que seria criado por Sara. Vale lembrar que a palavra Abraão significa "pai de muitos povos ou de muitas nações".

E assim, Agar ficou grávida e deu a luz a Ismael, primogênito do patriarca. Com o passar dos anos, e até como premiação pela devoção e amor de Sara, Deus mandou um de seus anjos para anunciar que Sara ficaria grávida. Quando o anjo anunciou, Sara sorriu incrédula por dois motivos: era estéril e estava em idade avançada, como ficaria grávida? Assim, o anjo determinou que Sara deveria dar o nome de "Isaac", ao seu filho, que significa "risada" e disse: - Por acaso, Sara, existe alguma coisa impossível para o Criador?

Com o passar do tempo, Ismael e Isaac cresceram juntos. E se amavam. Um protegia o outro. Quando Sara preveu que haveria guerra de poder entre os dois no momento da morte de Abraão, convenceu o patriarca de pedir que Agar e Ismael partissem. E assim foi feito. Mal sabia que esta guerra se efetivaria de qualquer jeito...

Ismael teve proteção divina e gerou muitas tribos e todas elas deram origem ao povo árabe. Enquanto que Isaac gerou uma linha sucessória (seu filho Jacó é reverenciado como um dos pais de Israel) que originou o povo judeu.

Essa história ilustra que a paz entre Israel e a Palestina somente será semeada quando Ismael voltar para o seu lar e sentar à mesa com seus irmãos, coexistir como uma grande família. Somente haverá paz se houver cessão, quando houver partilha. Basta um pouco de bom senso, sabedoria, respeito.

Se Sara pediu que Agar e Ismael partissem para evitar justamente um confronto... Será que o senhor Deus, dos árabes e dos judeus, aprovaria esta cisão, esta briga de família?

Coexistência é isso. Partilha. Família. Amor.

9.5.12

AS ESTAÇÕES DA GENTE

É correto dizer que a paixão é um estado patológico, um febrão. Mas, quem há de negar a sua importância? Porque a paixão é o reconhecimento de um pedaço da gente no outro. Uma extensão. E quando a gente reconhece isso, temos medo de perder.

Todavia, calma! Respira. Paciência! Não há nada de errado. A paixão passa e quando amadurece pode verter em amor. Não é bom? No entanto, assim como todo febrão precisamos esfriar a cabeça, lavar a alma, reciclar o coração. Serenizar, despressurizar.

Assim, quando você percebe que o outro é uma extensão de você isso pode ser altamente benéfico porque na verdade somos mesmo isso, com mais ou menos afinidades. O outro está em mim, assim como eu estou no outro. Isso é vida! É uma espécie de Namastê, que é um estado de reconhecimento da divindade de cada um (o Deus que habita em mim é o Deus que mora em você).

Todavia, há temporadas e estações como na canção: "no inverno te proteger, no verão sair pra pescar, no outono te conhecer, primavera poder gosar" (Beto Guedes).

Há tempo para tudo. Assim, deixe correr assim como um rio...

8.5.12

20 - TOCANDO EM FRENTE - ALMIR SATER E RENATO TEIXEIRA - SÉRIE "AS 100 MELHORES MÚSICAS DO BRASIL"


Quando escutei esta canção pela primeira vez eu tremi de emoção. Seus acordes feito moda de viola nos remetem à uma fogueira num clarão de uma campina, ou no cimo de uma montanha. É uma canção triste, mas derradeira. Uma canção experiente, sábia.

A primeira vez que falei com o Almir Sater pelo telefone, ele rasgava elogios para a minha canção que fiz com a Paula Fernandes, Jeito de Mato. Por minha vez senti-me um pouco intimidado, afinal lá estava, do outro lado da linha, o compositor de Tocando em Frente. Sou pequeno, tão pequeno.

Não conheço um ser qualquer que não goste desta música. E esta versão, com Maria Bethânia, é ainda mais melancólica. E já que é pra ficar triste, prefiro esta... Não sei de quando é a música, mas eu a conheço há mais de 20 anos.

A frase "É precido chuva para florir" é irmã de "Tem que morrer pra germinar", de Gil.

Aqui a letra e a versão da Bethânia:
http://letras.terra.com.br/maria-bethania/164726/
"Eu sou poeta, eu sou compositor, eu sou escritor. Então, não estranhe um amor como o meu. Eu amo em outro ritmo. Se não fosse assim, eu não seria poeta, compositor e escritor.", Eu.

A CHAMA DO PRESENTE

Serenidade é confiança em Deus. Eu preciso aprender isso a qualquer preço. Quando você confia (com + fiança) no Universo você não se aflige porque sabe que nada está errado no trajeto do mundo. Quando você está seguro disso você vive o presente, o agora.

Penso no passado, naquilo que foi bom ou ruim. Penso também no futuro, aquilo que pode vir a ser. Mas, tanto um, quanto o outro não gera Plenitude. Não ficamos inteiros quando somos tão suscetíveis ao tempo.

O que eu tenho para hoje é isso. Viver cada dia como se fosse morrer amanhã, conforme disse Maomé. Quantas vezes Deus me tirou de uma enrascada que eu queria tanto ter entrado. Então, temos que ter cuidado ao que pedimos ao Criador porque isso pode se realizar... E justamente isso pode ser a nossa ruína.

É difícil viver no presente. Mas, é somente isso que temos para hoje.

Se estamos passando por uma fase difícil (e todos passam) temos a nítida noção que isso vai passar um dia. Todavia, temos que fazer por merecer um novo presente. O dito diz: - não adianta maldizer a escuridão, é preciso acender uma vela.

Isso, acenda a vela do seu coração e viva o presente! (eu preciso tanto ler muito o que eu escrevo...).

7.5.12

A FALTA DE CORAGEM E O AMOR IMPRODUTIVO

De que adianta comprar um carro novinho em folha, último modelo, moderno e esteticamente perfeito se você não sai com ele pelas ruas? Você fica alisando, lavando com cera, polindo, mas ele fica na garagem...

Ocorre o mesmo com o amor que não tem coragem.

A coragem é o motor de arranque do amor. É o impulso. O amor pode estar latente dentro do peito, gritando de agonia para ser expressado. Não há felicidade, sem coragem. A própria etimogia da palavra diz: coragem = cor (de coração) + aggio (agir) = agir com o coração.

É o mesmo que você se banhar, colocar o seu melhor perfume, vestir a sua melhor roupa, calçar o seu sapato mais lindo e ficar em casa, ir pra cama ou assistir tv. Amor sem coragem é amor improdutivo.

Eu sou um dos homens mais corajosos que conheci. Sou mesmo! O que não me falta é coragem. Eu passo por todos os obstáculos em nome do coração e bato no peito de orgulho. Jamais peco por omissão.

Concluo citando uma canção brasileira do Hyldon: "basta ter coragem pra se libertar, viver e amar".

CORAGEM!!!

5.5.12

A GALERIA DOS QUE AMAM DE VERDADE

Somos a sombra do amor de alguns pilares da humanidade.
Jesus, Buda, Krishna e outros tantos Cristos e Avatares conhecem o amor na sua essência. Estamos ainda no jardim da infância do amor. No entanto, não consigo enxergar a felicidade sem amor, porque Feliz Cidade só pode ser a capital de um estado chamado Amor. Um não existe sem o outro.

Todavia, nem todos sabem lidar com o amor. Uns são escassos, outros, exagerados (acho que pertenço a esta casta, mas melhoro a cada passo). Uma pequena parte das pessoas se destacam por atitudes de amor. Temos uma galeria de homens e mulheres que se sobressaem por atos amorosos. Estas pessoas são diferenciadas e ficam para a história da humanidade.

Quando alguém passa por todas as diferenças em nome do amor, ela é glorificada pela Vida.

Há 50 anos atrás, o mundo olhava desconfiado e preconceituoso uma união entre uma mulher branca e um homem negro ou vice versa. Hoje, este tabu felizmente se quebra cada vez mais, isso é glória! Mas, quantas pessoas sofreram injustiças e perseguições por conta de um amor. Amamos a alma, o coração, o jeito da pessoa. Sexo é desejo que nasce no cérebro.

Quem passa por cima das desigualdades por amor se torna um pioneiro de Deus. O amor não enxerga diferenças. Um judeu pode se casar com uma muçulmana. Uma mulher madura pode se unir a um jovem. Uma umbandista pode namorar um evangélico. O AMOR  passa por cima de todas as "amebas" que a sociedade imputa e determina como normal.

Um casal de jovenzinhos pode cometer atrocidades. Pessoas da mesma religião matam-se umas às outras. Até por futebol se mata. Então, o amor não obedece diferenças. O que importa é a compatibilidade, a afeição, o respeito, o cuidado, a solidariedade, a alegria de uma junção. Isso verte Luz.

Se você coloca empecilhos e obstáculos para amar alguém, o Amor fugirá de você porque você não ama o amor. Então, seja diferente de toda uma mediocridade e ame. Ame mesmo sem distinção de credo, religião, nacionalidade ou idade. Mas, não ame apenas da boca pra fora, ame do peito pra dentro. Apenas ame, e entre para a Galeria dos que Amam de Verdade. Sua recompensa será a felicidade!

4.5.12

AMO, LOGO EXISTO

No fundo e no profundo de tudo está o amor.
Eu não vivo sem amor porque o amor é para mim a própria vida.
E faço tudo com amor, se não fizer, nada estará feito.
Eu acredito no amor. Sem crer Nele, nada terá razão de ter existido.
Porque a existência é o próprio fruto do amor.
Amo, logo existo.

3.5.12

VOCÊ TEM O QUE VOCÊ OFERECE

Gentileza gera gentileza. Espinafrada gera espinafrada.

Você sabe o que é Karma? Os espiritualistas, hinduístas e budistas sabem perfeitamente o que significa esta palavra. Não é o troco do Universo, não... Nem tampouco algo relacionado a malas e encostos como nas frases chulas: - este cara é meu karma! Nada disso!
Karma é ação. Apenas isso. E toda a ação gera uma reação.

Ora, se você planta alface espera colher mandioca? Se dá um bofete, um sopapo na cara de alguém espera receber afagos e beijos? Então, pensa bem... Você não deseja para sua vida algo de bom? Então aja você mesma no bom. Ou então, não aja, deixe o Universo agir. Mas, se você produz algo que está prejudicando ou machucando alguma pessoa ou a si mesma, o que você espera receber?

Conheço gente que sempre espera dos outros e não move uma palha por alguém. Pode até ser que receba, mas a fonte acaba secando, afinal o que recebeu já foi a reação de um karma bem feito no passado.

Se você quer o bem, faça o bem. Se quer amizade, seja amiga. Se busca amor, seja amorosa. Se deseja paz, tenha atitude pacífica.

Não adianta nada montar um muro, uma barreira ou uma comporta diante de si e esperar que as pessoas as encham de flores e frutos.

Simplesmente, abra a porta.

2.5.12

A QUEM AMO - SOB INSPIRAÇÃO DE TAGORE

Este texto eu escrevi há uns cinco anos atrás, mas é muito atual. Quero novamente partilhá-lo.

A quem amo

por Maurício Santini

Meu amor, se eu te prender com as correntes do meu egoísmo, então não é amor, é escravidão e controle.

Se eu não sentir, ao menos, por ti, uma nesga de dor, então não é amor, é emoção efêmera.

Se não me bater a lembrança das horas que passamos espremendo os minutos, então não é amor, “é nuvem que passou e não choveu”.1

Se o teu riso, mesmo que distante, não desenhar o mesmo em minha boca, então não é amor, é desdém e contradição.

Se o teu pranto não contagiar meus olhos, então não será amor, posto que não há compaixão.

Se eu tapar os olhos dos teus defeitos e imperfeições, isso não é amor, é cegueira e paixão.

Por outro lado, se eu nunca agradecer pela tua existência em mim, não pode ser amor, é desleixo de quem só tem olhos pra si.

Se eu disser que te amo apenas no afã dos meus desejos, nos turbilhões da minha pele, então não é amor, é frase de momento, hálito de tesão.

E se eu tapar meus ouvidos aos gemidos da tua dor lancinante, quem pode dizer que isso é amor, é omissão e jogo.

Todavia, se eu saciar todos os teus anseios, até os mais injustos, então não se trata de amor, é compra, aquisição de um bem pelo poder.

Meu amor, se eu te abandonar na primeira rusga, no ato de uma bofetada do destino, então isso não pode ser amor, é medo das pedras do caminho.

Se eu, por ventura, servir-te apenas de escudo das tempestades de granizo, então continua não sendo amor, é só necessidade de proteção.

Se eu nunca verter nenhuma gota instantânea que sai dos meus olhos quando te vejo, então o amor não se faz em mim porque meu olhar está seco pelo vento.

Ao contrário, se eu não abrir meu sorriso e não te ofertar as pétalas que saem do meu peito quando penso em ti, então o meu amor não é um jardim fértil e feliz, jaz, com o tempo, em solo árido.

Assim, se eu me calar e esconder minhas palavras de afeição, talvez isso seja amor, um amor que busca o silêncio pra se expressar.

Ao mesmo tempo, se eu gritar que te amo e “meu coração não me sair pela boca”2 então não será amor, será tudo, menos amor.

E se eu estiver, de fato, contigo, mas minha alma voar distante, isso será amor porque estarei livre dos elos que te prendem ao meu ego. 

Meu amor, se eu te amarrar em meus braços, estarei ocupado a aprisionar a mim mesmo, e isso não é amor.

Mas, se eu libertar-te de qualquer apego, tua distância fará com que te ame mais e mais...Infinitamente.

Assim, quando adormecer em mim o breu dos ciúmes e amanhecer em nós a manhã da liberdade, aí reside o amor, no espaço, solto entre os astros e as estrelas, deitado confortavelmente sobre as mãos de Deus!



1 – citação da canção A Montanha e a Chuva de Orlando Moraes

2 – citação de um verso de Rabindranath Tagore

QUEM ACHA VIVE SE PERDENDO

A musa Marisa Monte canta uma canção que diz: "Eu admiro o que não presta, eu escravizo quem eu gosto, eu não entendo, eu trago o lixo para dentro". Você já se perguntou quantas vezes você pune as pessoas que te amam e a si mesma por "achismo"? Sim, você escraviza quem você gosta por medo. Medo de ser feliz, medo de amar ou de ser amada, medo de ser abandonada, medo de crescer, medo de perder, medo...

Eu faço isso também as vezes. Eu acorrento quem eu amo, mas a minha tomada de consciência grita: - Vai! Estás livre! Jamais posso te prender porque a mim tu não pertences. Só é amor quando se está em liberdade.

Mas, volta e meia, vira e mexe, a gente obsedia quem a gente gosta, por querer ou sem querer. A gente assim joga o lixo para dentro da gente. A gente faz biquinho, a gente despreza, a gente pune, a gente joga com o outro e somos joguetes de nós mesmos. Triste isso. Porque a gente tem que fazer o que o coração manda, dita, ensina, porque assim somos mais autênticos e felizes.

O que é ser maduro? É procurar agir com o máximo de lucidez e bom senso, com respeito a si e ao próximo, mas com muito equilíbrio. É deixar de jogar com os outros, de armar estratagemas infantis, e "achar" que este ou aquele caminho vai fazer bem para esta ou aquela pessoa. Este "achismo" me incomoda e muito.

Como fala a canção de Noel "quem acha vive se perdendo".

Diga pra mim: o que vai te fazer mais feliz neste momento?
Então, pare de se sabotar e de boicotar as pessoas que você gosta!!! Não ache.

Nós não somos estátuas de sal

A Bíblia conta a história de Ló e de sua família que foram salvos por Deus da destruição de uma cidade inteira. Todavia, o Senhor recomendo...