A FELICIDADE INCOMODA MUITO MAIS QUE A TRISTEZA


Olhos brilhando, sorriso estampado no rosto, vontade de viver... A gente percebe quando alguém está caminhando pelas trilhas do amor, mesmo que infectado pela paixão (que pode ser o prenúncio de tudo). Todavia, toda esta atmosfera brilhante causa desconforto em grande parte das pessoas, principalmente àquelas que buscam o amor e só encontram um arremedo.

Inveja pura, não branca.

- Por que ele conseguiu e eu não? - Que raiva da felicidade desta pessoa!!!

E assim, começa uma série de prenúncios proféticos e desembarcam os preconceitos...

- Não vai dar certo!

Eu estou exausto em falar de preconceito, mesmo porque eu tenho alguns a serem resolvidos. Mas, a vida é a arte de quebrar os conceitos pré-concebidos (preconceitos). E saiba, o Criador nos coloca à prova o tempo todo e nos dará diversas oportunidades de romper com o que aprendemos ser o ideal e o certo. E o que é o certo?

Daí, nos deparamos com uma série de baluartes da moral e do respeito, soldados da tradição e da família! Estes seres infelizes (porque quem é feliz de fato, e ocupado, não tem tempo de cuidar da vida dos outros) bradam, gritam, planejam estratégias e lutam para devastar o relacionamento dos outros como se fossem os seus, exatamente porque não têm coragem de assumir o que são. Covardes!

São as famosas (os) "carolas" e "beatos" que entopem suas veias de uma pseudo moral e religiosidade, com preceitos tacanhos e ultrapassados e não mostram suas verdadeiras faces. São muito infelizes, amargos. Lá dentro, bem lá dentro, têm uma depravação e uma vontade infinita de serem amados.

São os famosos "crentes" dos cus quentes, ou padres pedófilos, ou pai de santos desviados, e por aí vai...

Ai deles! Porque Deus tem um Olho que tudo vê...
Gemerão contorcidos da dor de não terem coragem de enfrentar a vida, de não serem o que são de fato e de não viverem pautados pelo amor.

Por favor, cresçam e despareçam.


Comentários

Postagens mais visitadas