AS REDES SOCIAIS, O CARMA E OS HACKERS DAS SOMBRAS

A família, como hoje está configurada no Planeta Terra, é um dos principais instrumentos do processo cármico. Inclui-se nisso os relacionamentos afetivos. Não bastasse o cumprimento desta ferramenta para queimar as ações do passado, somam-se os assédios espirituais, que agora contam com um aplicativo poderoso de obsessão: as redes sociais.

Essa modalidade, cada vez mais atual de assédio, utiliza, em tempo real,  os principais mecanismos da internet, para torpedear as relações humanas. É muito mais fácil e rápido! Cada postagem que o usuário executa na rede pode ser uma arma poderosa voltada a si mesmo.

Essa atuação malévola não seria diferente dentro do seio de uma família. Desse modo, as redes sociais funcionam como verdadeiras bombas caseiras, prontas para dinamitar relacionamentos entre pais, filhos, cônjuges e amigos.

Há nas camadas inferiores e mais densas da Terra, verdadeiras estações de hackers das sombras que copiam e colam atitudes nefastas. O resultado é desatroso e devastador.

Como combater? É muito difícil viver, e até trabalhar, hoje em dia, sem usar as famigeradas redes sociais. No entanto, a oração e a vigilância devem ser redobradas. É preciso instalar alguns anti-vírus para evitar estes ataques cibernéticos.

Os principais anti-vírus são: discernimento (para saber filtrar o que pode ou não ser postado ou visto); tolerância (respeito às diferenças de pensamento) e serenidade (para encarar esse mundo compartilhado de uma maneira mais tranquila).

Evitar o exagero na vivência dessa dimensão virtual também é um ótimo conselho, além de viver mais a plenitude da vida real.

E atentar para uma realidade nada digital: cada ação virtual também pode gerar um carma, e esse carma não será pago pela internet!


Comentários

Postagens mais visitadas