AS EMBALAGENS TÊM NOMES


Ah, o título não representa nada! 
Já vi um monte de gente com o nome de Ananda e é infeliz.
Já vi Shakti com energia bagunçada ou desanimada.
Já li Prema com gente sem amor algum.
Quantos gurus não são portadores da luz?
Quantos doutores não são ignorantes?
Outro dia, li numa rede social alguém com o apelido de Shanti batendo boca vorazmente...
E quanta gente com o sobrenome de Guerra que é pacífica.
Será que La Paz é só calmaria?
Eu tenho no meu nome: Mattos e nunca matei ninguém. Nem tampouco sou santo, apesar de Santini. 
Então, não me venha com nomes próprios, alcunhas e títulos porque tudo isso é embalagem.
E quem compra por embalagem desconhece o conteúdo.

Comentários

  1. Olá Maurício, adoro ler o teu blog, "me encanta" o teu jeito de escrever meio revoltado e direto. Não desativa ele,não importa quantos leiam ele e sim como ele atinge a quem de fato o lê. Tenho um blog com minha filha, de 12 anos, sofreu de anorexia por um ano, faz algum tempo que não o faço e mesmo que não o façamos as pessoas continuam lendo e pedindo ajuda. Sei que há diferenças entre a minha história e as tuas crônicas, mas elas são lindas, de coração, de alma, de espírito e isso não tem preço e você melhor do que eu sabe disso. Bjs e muita Luz para vc!
    Sonia

    ResponderExcluir
  2. Sônia, fico muito honrado e contente por teu comentário. Não, não vou desativar, ele continuará aberto, só deixarei de postar com tanta incidência, ok? A gente desanima porque se fosse algum texto sombrio teria uma frequência avassaladora! Mas, como falar de luz, mesmo que seja direto e revoltado, as pessoas dão de ombros... Obrigado!!!

    ResponderExcluir
  3. Olá Maurício, adoro o teu jeito revoltado rsrs e direto de escrever, sem meias palavras, como devia ser, simples assim!. Por isto, te peço, não desativa teu blog, não te importes com a quantidade de pessoas que o lê e sim de como ele atinge a quem o lê. Tenho um blog com minha filhinha de 12 anos, faz algum tempo que não escrevo nele e acho que ela tb não o faz, ela sofreu de anorexia por 1 ano, e decidiu que escreveria para contar a nossa trajetória para vencer esta doença, e as entradas vem de todo lugar e ela conversa com gente do mundo todo dando palavras de conforto e troca experiência até com profissionais da saúde, e isto porque ele é um mero blog despretensioso, de desabafo emocional de uma mãe e filha.
    Sei que tuas crônicas (se é que são isso mesmo, sou leiga) são diferente da história do blog de minha filha mas os dois tem algo em comum, você também escreve com Alma, espírito, coração e isso é o que deverás importa, é tudo que realmente vale, e quem está lendo está sendo ajudado de alguma forma e sentindo o que você sentiu, Simples Assim!. Te desejo muita Luz Sempre!
    Sonia

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas