A RETALIAÇÃO TOLA DE UMA TOLICE


E assim, os conflitos continuam... 

Muitos chamados "pacifistas" defendem o fim das batalhas campais, como as que acontece na Faixa de Gaza. No entanto, são os primeiros a vociferar e a incitar a violência quando são contrariados. 

Neste último fim de semana, a famosa Parada Gay tomou a Avenida Paulista com imagens coloridas e alegres, outras nem tão felizes. A intolerância religiosa brada seu preconceito contra a população LGBT, o que é um verdadeiro absurdo quando se fala em Cristandade. 
Jesus, o precursor desta filosofia não segregava ninguém, muito pelo contrário. 

E os mais fanáticos citam a Bíblia como a palavra de Deus (e quem foi que disse que Deus escreveu alguma coisa ou ditou aquelas palavras?). O Livro Sagrado, escrito pelos homens, condenava a homossexualidade, muito mais por conta do pensamento vigente daquela época. A sodomia, até bem pouco tempo, cento e poucos anos atrás, era um crime passível de morte, até no Brasil... 

Todavia, a revolta dos homossexuais ( e com razão) não poderia verter-se em imagens ofensivas à fé. Não é um pagamento inteligente e sim, a continuidade de um conflito social que deste modo não terá fim. Na verdade, usa da mesma estupidez evangélica condenatória. 

É como em Gaza. Os israelenses matam um palestino, que por sua vez mata um israelense. Os israelenses matam dez palestinos, e estes matam cinco israelenses...

O evangélico fanático persegue o gay e o gay desrespeita um símbolo cristão. O cristão diz que os LGBTs são abominações, e os LGBTs ofendem os evangélicos e religiosos cristãos...

Daí, os caras na França fazem uma revista que desrespeita a fé muçulmana com um Maomé beijando um homem na boca. E um fanático entra na redação e mata todo mundo... 

Não que o Rabi Joshua, mais conhecido por Jesus de Nazaré, vá se incomodar com estas "humanices" tolas. 

Mas, é preciso ter inteligência e bom senso na hora de protestar...

A intolerância está em todas as partes, de um lado e de outro, o que falta é o AMOR.

Comentários

Postagens mais visitadas