CONSELHO DO PAI VELHO PARA A CRISE NO BRASIL


Amigos do meu coração.

Esse preto velho da roça foi chamado para dá pitaco sobre a situação do rincão docês. E lá vai nois de novo traveiz!

Ocês pensa que nois num tá vendo daqui do lado o que tá acontecendo? Nóis enxerga tudo e vai mais além. Nóis vê também as tramoia e as armadilha que o pessoar faiz aqui deste lado contra ocês. E tá uma luta danada, de tudo que é lado.

O pai velho aqui tá vendo tudo tumurtuado. Cada um defende seu lado com o espeto na mão, não qué nem escutá o que outro tem a dizê. É cego querendo guiá cego. Surdo querendo falá com surdo. E ninguém se entendendo em nada.

O ser humano tá sendo tratado como uma mercadoria de padaria: coxinha ou mortadela?  É como fosse uma briga de torcida de futebor na arquibancada, grita de um lado, grita de outro e não se ouve mais nada além de grito.

Um lado tem as pessoa que se diz mais religiosa, mas que não aplica em nada os ensinamento do Nosso Sinhô do Bonfim. O outro tem gente mais descrente e com reiva do Nosso Sinhô como Ele fosse o curpado.

Nois tá lembrando aqui das guerra religiosa como a tar de Inquisição que queimava os infié nas fogueira, com a cruz na mão, só porque não acreditava na Igreja.

E a gente daqui não pode tomá partido de lado algum, nóis tem que sê que nem aquele pai véio que aparta a briga dos fio.

A cunversa, o proseado, sempre foi a mior solução de tudo. Todo mundo tem um pouco de razão. Mas, não é no catiripapo e na pancaria que as coisa se resorve.

E se a gente vai defendê um lado aqui vai xingar nois também e não vai resorvê nada.

Então, eu quero pedi pros amigos e pros inimigo que, nessa hora, busque mais as coisa do Alto, da espiritualidade, da fé. Pros amigo que não acredita em nada, então que busque um pouco de paciência e compaixão para com o irmão.

Fé é confiança nas mão de Deus.

Ninguém tá com toda a verdade, lembra disso.

O que nois precisa é de unir as força para que o mior aconteça nesse rincão. E num pense que o mior é que ocê qué. Deus sempre dá um jeitinho de mostrá um caminho para as pessoa.

E pra acabá mais um pedido desse preto: - na crise se trabaia mais ainda e se deixa os outro trabaiá. Só assim nois sai dos pobrema. Nois tem que fazê a nossa parte, deixá que os outro façam a parte deles e o Nosso Sinhô cumpra o destino.

Ocês são irmão, não são produto de padaria.

Fiquem na paz e na luz do Nosso Sinhô do Bonfim

Pai Joaquim de Angola

Comentários

Postagens mais visitadas