Poema do Amor por Mim

Outra noite lembrei-me de acariciar tua mão antes de dormir. 

Meu tato era o meu toque e eu não sabia, ao certo, o que me dava mais prazer, se dar-te o afago ou recebê-lo. 

Depois, te envolvi em meus braços e apertei forte.

Senti tua respiração em mim.

Batia o coração no compasso do silêncio do meu amor. Do teu amor.

Não podia beijar-te a face, mas selei tuas mãos com alguns beijos pequenos.
 
Eu chorei. 

Logo após, te coloquei pra dormir, mas antes, desenhei círculos em teu peito como se quisesse demarcar o meu amor por ti. 

E assim, meus carinhos desceram aos teus pés cansados. 

Eu juro que pedi a Deus para que tu sejais amado pela eternidade. 

Adormeci assim, com a singela sensação de amar-te e ser amado por ti. 

E assim, encontrei um pouco do meu amor próprio esquecido em outro ser. 


Eu te amo, eu! E jamais te deixarei só.

Comentários

Postagens mais visitadas