A SAPAIADA SECANTE E A FALTA DE CORAGEM


A felicidade incomoda muito mais que o fracasso. Basta você sorrir e se mostrar feliz nas redes sociais que um bando de sapos-boi começam a surgir pelos bastidores da vida real. Não porque alguém vá correndo dizer o quanto você está errado em ser tão feliz assim, mas é que a infelicidade perene de muitas pessoas deve estar acompanhada pela sua como forma de conforto. Eu sou infeliz, como ele pode estar tão contente?

E, desta maneira, os pré-conceitos aparecem... O conceito é que um rapaz de 25 namore com uma moça de 20. Um homem de 50 namore alguém de 40. Um negro se case com uma mulata, um japonês com uma amarela. São conceitos previamente estabelecidos por uma sociedade hipócrita e subdesenvolvida.

Os sapos e as rãs secadores entoam aquelas velhas frases mentais (ou não):

- Nossa, ele está com uma mulher horrorosa!
- Ele só gosta de menininhas, será chifrado!
- Ela está com um velho, só quer a grana dele!
- Namoro à distância, não vai dar certo!
- Ela está com um menino mais novo para transar!

E por aí vai, ou pior, não vai...

Só tenho um conselho a dar para estas pessoas: SÓ É FELIZ QUEM TEM CORAGEM!

Obrigado


Comentários

  1. infelizmente é uma pura realidade de nossa sociedade cheia de preconceitos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas