O RINGUE NOSSO DE CADA DIA

Bastou eu opinar com ética sobre a temática espiritual, em uma lista de projeção astral pelo facebook, e logo tomei uma baita carga de obsessores! Eles não perdem tempo... 

Estamos realmente num Mahabarata, uma batalha entre a luz e as trevas! E não tem jeito, se você se protege bem da pancadaria, eles não desistem e vão atrás de afetar quem está ao nosso lado...

Orai e vigiai, disse Jesus, profundo conhecedor dos meandros da obsessão. A gente toma tunda o tempo todo. 

Se a gente escolhe o lado da sombras, ali é um covil lotado de traidores, e o inimigo sempre está à espreita de puxar o teu tapete. Lá, a briga pelo poder é em tempo integral, além da servidão e da crescente desonestidade. Você confiaria em alguém? 

Já na Luz é preciso oração e vigilância, além de fé, sabedoria e amor incondicional, o que para nós é basicamente muito difícil. 

Eu fico com os desafios do lado de cima, da Luz que, na minha avaliação, condizem mais com a minha maneira de pensar, agir e sentir. Todavia, é como uma dieta para perder peso, você pode até conseguir, mas o complicado é manter o passo.

E não pensem vossas mercês que a luta termina quando você "descasca" para o plano astral. Lá, a briga é ainda mais intensa e acentuada. E não tem voto branco ou nulo porque os omissos acabam por terem repercussões pesadas por suas não identidades. 

O ditado diz que devemos matar um leão por dia para vencer as dificuldades. Nesta luta, não há como matar o leão e sim, ser o próprio leão para vencer as adversidades sem arrancar a cabeça dos outros. 

A recompensa pela Luz é uma consciência cada vez mais leve e evoluída, com menos necessidade de lutar e mais necessidade de ajudar ao próximo.  

Assim, o exercício do amor e a boa vontade de verter conhecimento em luz e sabedoria são molas mestras para alavancar o ser e ganhar o Infinito. 

Mas, a luta continua...

Comentários

Postagens mais visitadas