Só o amor me devolve a mim

Você já sentiu a impressão de que todos estão numa grande festa, menos você?

Essa é a sensação de hoje. Um vazio. É como se a solidão falasse diretamente comigo: - estou aqui e hoje eu te acompanho.

Solidão é a ausência do sol. Da luz de alguém, principalmente de nós mesmos. E eu não consigo ver aprendizado algum com esta sensação de estar só.

Penso na minha infelicidade, na minha desolação, no meu passado infrutífero enquanto homem.

Penso improdutivamente nos meus ex-amores, aqueles que me deixaram sentir sozinho.

Há muito tempo esta companhia indesejável mora em meu coração.

Trabalho, rezo, saio com amigos, viajo, me relaciono, e esta tal continua aqui, dentro de mim e não me deixa só.

Outro dia eu escrevi que não consigo entender o que é felicidade sem amor.
Eu preciso, mais do que uma necessidade, um combustível, "sentir" meu coração para me sentir feliz.
Hoje eu não sinto nada. Só este vazio.

Oh, Deus, devolve ao meu peito aquele sentimento de esperança que só os jovens têm.
Um fogo qualquer que me abraze. Quero acender por dentro a vontade de viver.
A única chance de eu me tornar feliz é se as portas do meu coração se abrirem para o amor.

Escuta-me!

Só o amor me devolve a mim.

Comentários

Postagens mais visitadas