ELES BEIJAM 20 E JAMAIS SE BEIJAM...


Fico compassivo de alguns jovens e de "novos maduros" que saem beijando 20 numa noite e não beijam a si próprios. Buscam de boca em boca se encontrarem e vivem, assim, perdidos. Querem se acolher no sexo e não fazem amor com os seus próprios "eus". Passam de mão em mão, mas não se acariciam. Não encontram afago no coração.

Essa falta de si, este desvalor do que se é, oferta-se para um centena de pessoas como se fosse um produto barato, em atacado. Quem valoriza aquilo que se oferece tanto e com tão pouco? Eu prezo e almejo a mulher lua que se oculta e se mostra meia, mas que está inteira comigo e não fracionada com os outros.

Os divãs dos psicólogos estão forrados de jovens adultos e experientes recheados de uma multidão de beijos. O que eles buscam lá se eles têm tanta gente que os beija? Eles buscam o amor-próprio que fugiu pela boca dos 20... Eles buscam o amor, que escapou quando eles se leiloaram na multidão.

São pobres criaturas de amor.
Só o Amor enriquece.
E esta experiência amorosa não se encontra na boca dos 20.
Se encontra dentro de si e com a alma de quem ama.

Comentários

Postagens mais visitadas