CARTA AO PAPAI NOEL


Querido Papai Noel.

Eu admito que não acredito no senhor, e ainda acho que Vossa Excelência tirou o lugar de Jesus de Nazaré na festa de seu suposto nascimento.

Mas, como todo mundo pede presentes no Natal eu também queria pedir algumas coisas. Vai que o senhor existe e me lê e realiza pelo menos metade dos meus sonhos?

Eu gostaria de me casar!
Sim, um homem falar que gostaria de casar é porque a coisa tá feia, eu sei. Será fraqueza minha? Mas, é que estou um pouco cansado da vida de solteiro, sinto-me sozinho, moro sozinho, então acho que mereço me casar. Não precisa ser agora, mas num raio de uns dois ou três anos... Mas, casar com a mulher que eu amo, quer dizer, a mulher que eu amo ou amarei e vice e versa. Porque casar sem a edificação do amor compartilhado e correspondido fica difícil, né meu bom velhinho?

Depois, gostaria de me mudar desta cidade. Eu já não quero mais morar na Megalópole São Paulo. Não suporto mais o cheiro poluído, o trânsito, a barulheira e modus vivendi das pessoas daqui. Quero me mudar para outra cidade grande: pode ser Belo Horizonte, Santos, sei lá... O senhor vê aí as possibilidades.

Também gostaria de continuar a fazer as minhas canções, meu livros e exercer o meu jornalismo.

E por último, quero ficar grávido! Não precisa ser agora, mais depois de uns dois ou três anos depois que eu me casar. Quero ter mais um filho ou dois! Quero sentir a sensação da gravidez da minha mulher, haja vista que eu não senti isso na vida.

Isto é, quero constituir uma família.

Bem, estuda aí meu pedido, que ficará registrado neste Blog, e se o senhor me ajudar, juro por Deus que nunca mais vou falar mal do senhor e do Natal!

Obrigado! Amém!

Comentários

  1. Anônimo18.1.13

    Seja feita as tuas vontades, Maurício Santini! Amém!!!
    Papai Noel

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas