Utilize as notas musicais a seu favor!


Utilize as notas musicais a seu favor!

(matéria da Revista Espiritismo)Maurício Santini 

O mantra “AUM”, mais conhecido como “OM”, foi o primeiro som que o Universo ecoou na sua criação. Foi o primeiro murmúrio de Deus quando inaugurou suas muitas moradas. E o verbo se fez carne...A música aparecera no infinito!

Não é à toa que Gautama, o Buda atingiu este estado de iluminação por meio de uma experiência com um instrumento musical. Estava ele meditando na beira de um lago quando observou um barqueiro que trazia um professor de música ensinando um discípulo a executar seu instrumento. Falava o mestre: - Se você esticar muito as cordas, elas arrebentarão e você não tocará seu instrumento. Se afrouxá-las em demasia, o instrumento também não conseguirá desempenhar suas funções musicais. Buda prestou atenção nos sinais que a natureza apontou e percebeu que o Caminho do Meio ou o equilíbrio é o segredo para o bem estar mental, físico e espiritual de um ser.

Mas, de que maneira a música é capaz de influenciar o estado de espírito e o emocional das pessoas? A junção de notas musicais compatíveis é capaz de  gerar incontáveis benefícios a todos os seres vivos. Inúmeros experimentos com plantas e animais já foram realizados com esta constatação. Flores que duraram mais escutando músicas clássicas, animais que se curaram e uma série de ouras experiências demonstraram que os reinos vegetal, mineral e animal respondem de maneira clara e incisiva às trilhas sonoras, isto é, as reações são díspares e obedecem aos padrões sonoros do ambiente.

A proposta da musicoterapia, modalidade terapêutica razoavelmente nova que utiliza o som como forma de tratamento de diversos males, é levar qualidade de vida para quem precisa de harmonias para dentro de si. Hoje em dia existem muitos músicos competentes que se tornaram musicoterapeutas com resultados fascinantes.

Uma música pode induzir você a um estado alterado de consciência, pode acalmar ânimos mais exaltados, pode fazer despertar lembranças esquecidas no tempo ou simplesmente deixar você meio down, com uma nostalgia emocional depressiva. Pode relaxar as tensões do dia a dia, pode trazer idéias que estavam escondidas no subconsciente ou até fazer você chorar de emoção.

As escalas musicais são científicas e precisas e até o silêncio possui sua música própria. Geralmente associamos a música com o que estamos vivenciando num determinado momento. Se toca uma canção e estamos alegres, provavelmente arquivamos o som de uma forma agradável. Se a hora é infeliz ou tensa, fazemos o mesmo com a coitada da música. Entretanto há tipos de melodias que nos remetem à imagens e estados por características sonoras próprias. Quer exemplos? Quando toca uma bossa nova do Tom Jobim no rádio, qual a primeira imagem que nos vêm a cabeça? Praia, Rio de Janeiro, verão. Quando escutamos um som new age, daqueles com direito a “agüinhas”, não dá um sono incrível? E um rock heavy metal, não excita? Não nos deixa mais agressivos?

Assim como o corpo humano, os instrumentos musicais têm características dos elementos da natureza: água, terra, ar e fogo. Músicos como o cantor, compositor e instrumentista Marcus Viana são conhecedores exímios das características naturais de cada instrumento. Viana, que já recebeu indicação do Grammy latino com o Cd Terra, é um dos exemplos crassos de como se deve respeitar as características essenciais de cada instrumento.

Os batuques e ritmos afroameríndios são bastante terrenais. Instrumentos de percussão são utilizados para ritos como no Candomblé e na Umbanda, onde se utiliza atabaques e tambores para a ligação com espíritos da terra como caboclos e índios. O xamanismo também evoca o animal de poder de cada pessoa por meio das batidas compassadas dos tambores. O segredo dita que estes instrumentos são capazes de ativar a kundalini, isto é, palavra em sânscrito que significa serpente e representa a energia ígnea que habita aos pés da coluna vertebral. Essa energia é muito poderosa e se bem trabalhada é capaz de operar “milagres”, ampliar a capacidade criativa, melhorar o desempenho sexual e até levar a estados alterados e até a iluminação. Em contrapartida, se a energia kundalínica for mal direcionada pode levar a desastres irreparáveis, chegando até provocar malefícios como demência, paralisias, acidentes cerebrais e morte.

Os instrumentos de sopro, que utilizam o ar para traduzir suas notas nos remete a estados mais sutis e meditativos. A sensação é alada, sublime, levitante. É a espiritualidade, o azul, a alegria de ser essência. Krishna escolheu um instrumento de sopro (a flauta) para tocar a suave melodia do Senhor (Bhaghavad Gita). È o vento soprado no alto de uma montanha ou o canto dos pássaros quando batem suas asas para um novo dia.

As cordas são aquáticas. Elas nos embalam no leito de um riacho ou nos carregam para o mar ou para uma cachoeira gélida. O piano é fogo e pode acender paixões. Não é acaso que os músicos românticos usam muito os acordes do piano para despertar o passional. A mistura destes elementos faz com que a Sinfonia Universal seja executada com muita afinação pelo Grande Maestro do Universo. Mas como podemos utilizar a música para atuar em nosso favor?

Logo pela manhã, jamais escandalize seus ouvidos com músicas agitadas no rádio-relógio. Isso é uma violência auditiva! Procure sons mais suaves ao despertar – as músicas clássicas são perfeitas! Sons da natureza ou new-age fazem com que você permaneça sonolento. Quando tiver que executar algum trabalho que requer mais dinamismo, força física ou similar, como dirigir, por exemplo, prefira músicas mais agitadas mas de bom gosto. Sons estridentes agitam em demasia e são capazes de enervar as pessoas. Depois de uma cansativa jornada de trabalho busque sintonizar músicas mais tranqüilas e que produzem um efeito de descanso (um cool jazz, uma MPB, etc). Para as práticas de relaxamento e meditação, sons entoados de uma maneira mais linear, isto é, que não se altere em picos estridentes e baixas de morosidade. Algo mais permanente. Dormir escutando uma boa música suave faz muito bem, desde que você consiga adormecer. Mas lembre-se., às vezes o silêncio é a melhor música! Escutar a sua própria voz interna, a da intuição e a do coração faz bem á alma. Musicalize-se!






Comentários

  1. Carlos28.7.12

    Eu ouço Paula Fernandes à todas as horas. rsss Brincadeira amigo. Eu leio bastante sobre budismo. Alias tem um tempo que não leio, mas tenho livros aqui. Quando vi você citar o Marcus Viana fui logo ouvir a música 'Sonata'. Lindíssima. Olha só você me falou para acessar o facebook que você me passaria algumas das suas músicas para eu ver, só que eu não estou mexendo ainda com facebook. Mas vamos trocando idéias por aqui. Gostei muito do seu blog, e de tudo o que você diz aqui. Pelo que vejo os seus pensamentos e idéias dialogam muito com as coisa do Marcus Viana. Logo, acho que você conheceu a Paula através dele. Também sou muito fã do Marcus Viana. O cara é sensacional. Espero que ele participe do próximo DVD da Paula Fernandes, juntamente com o 'Sagrado Coração da Terra' e ou a 'Trans fônica Orchestra'. E espero que tenha alguma música sua também, quero alguma música do naipe de 'Jeito de Mato'. Essa música é grandiosa demais. Nossa, eu vejo muita coisa ali. Eu torço muito pela Paula, e sei que músicas como a sua engrandeceriam demais aquele trabalho. Eu tento sempre mandar idéias e sugestões para a Paula, através do e-mail da assessora dela, mas até hoje, mesmo mandando e-mail diariamente, jamais recebi qualquer retorno. Sabe as vezes eu vejo algumas coisas erradas acontecendo e tenho vontade de ajudá-la, de dar uma orientação, mas é impossível. Talvez sejam coisas mínimas, que para ela pode parecer pequena tamanha as coisas que a cerca, mas eu vejo ali mais do que uma coisa simples, mas sim uma falta de comprometimento com o trabalho dela, com as coisas dela. Sei que você foi assessor da Paula, e queria muito entender o que está acontecendo realmente com ela. Sei que existem pessoas que não á querem bem, por inveja do sucesso dela, é claro, mas o que me irrita é a passividade dessas pessoas à esses ataques e até uma certa campanha de difamação contra ela. Não sei o se você tem percebido o que vem acontecendo, mas é algo realmente triste. Desculpa estar postando aqui, nem queria que você publicasse esse comentário, pois não é correto e até egoismo da minha parte falar coisas que nada tem à ver com um texto lindo como esse que você postou,portanto vou parando esse assunto por aqui. Parabéns pelo texto e qualquer hora vou mostrar as coisas que vejo da sua música com a Paula, pra ver se confirma. Abraços

    ResponderExcluir
  2. Carlos, muito grato pelas palavras!Marcus Viana é um gênio não reconhecido pelo Brasil. Se a Paula está onde está deve muito a ele. Pq vc não entra em contato com as meninas do Arrasta Chinela, fã clube oficial da Paula. São muito atuantes e a Paula as lê sempre. Lá tem a meninas dos meus olhos, a Isadora que é bem bacana. www.arrastachinela.com.br
    Lá vc pode deitar elogios e críticas e é bem lido. abraços

    ResponderExcluir
  3. Carlos29.7.12

    Já viu o que os Chineses falam da sua música? http://www.yinyuetai.com/video/319811

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas