CARTA DE UMA AVÓ SÁBIA



Minha querida neta.

Sei que este momento está amargo para o teu coração. Mas, ouve bem o que fala a tua avó, mãe da tua mãe: escute sempre o seu amor! Ele é o mais sábio dos mestres.

Muitas pessoas dão de ombros quando o recado vem do peito. Elas acabam fazendo o que o orgulho, a vaidade e o medo promovem em suas vidas. Elas fazem exatamente o que estes inimigos planejam: aniquilar a nossa felicidade. Não dê ouvidos ao egoísmo. Não dê trela ao temor. Isso não significa que você tenha que fazer o papel de tola em nome do amor. Mas, deixe que o amor permeie sua vida.

Perdoe sempre! Acredite ainda mais, tenha fé! Saiba que o amor amigo é bem mais sereno e acolhedor que uma paixão destrutiva. Sim, a paixão só vale a pena quando se transforma num amor produtivo e isso só acontece quando há tempo e amizade. Creia que isso possa acontecer!

Neta amada, se a decisão está em suas mãos, abra mão do medo e do orgulho que aniquilam o nosso bom senso. O que adianta fechar as portas para um tempo que pode trazer um sol, ao invés das tempestades? Mude também, mude para melhor porque a outra pessoa também muda! Se você perdoar, você se compadecerá de você mesma.

Se não está em suas mãos, deixe nas Mãos de Deus e Confie!

Ame muito! O amor não tem rótulos, é o mesmo amor de sempre com energias diferentes. Saiba disso.

Ore muito para que Deus possa intuir seus caminhos.

Ouça os conselhos desta sua avó que andou demais. Ouça os conselhos daqueles que te prezam e te amam. Mas, saiba escolhê-los com bom senso. Você saberá discernir um conselho dirigido pelo amor.

Ceda. Conceda. Seja flexível porque flexibilidade não quebra.

E pratique aquilo que a sua avó sempre te disse: seja feliz, alegre, dance muito, cante mais ainda, ame sem vergonha, tenha medo do medo e incinere o orgulho.

Sua avó torce para que o seu amor vigore!

Com amor, vovó!

Comentários

Postagens mais visitadas