O tempo é sádico se a gente é masoquista


Abri uma página aleatoriamente de um livro e li aquela máxima do Buda (Sidharta) que fala sobe o equilíbrio: se esticarmos demais uma corda, ela pode arrebentar; se afrouxarmos muito, ela não toca. Equilíbrio!

As vezes quero acelerar demais o tempo e que ele ande no meu tempo. Mas, o tempo anda conforme a Sua vontade, nem mais rápido, nem mais lento. Isso é o que chamam de Tempo de Deus. E não adianta atropelar os ponteiros ou os marcadores digitais, o tempo é sádico se a gente é masoquista.

Então, estou tentando, neste tempo, andar conforme a vontade do Tempo. Nem mais, nem menos. Alinhar o meu relógio no tempo Dele. Daí, as coisas podem se sincronizar. Enquanto eu acelero, o tempo fica na mesma e nada acontece (ou tudo acontece movido pela ansiedade e tunda!).

Meu veículo está desacelerando sua rota e se encaixando na vontade Deste Tempo.
Vou conseguir sincronizar-me. Tudo acontece no instante natural.

Comentários

Postagens mais visitadas