Poema do Silêncio

A tua ligação em mim é algo que não se explica e sente.
Não há como traduzir o que o meu peito pressente.
Se os teus olhos choram, os meus também desaguam.
Se a tuas mãos se unem, as minhas sempre te afagam.
É no silêncio que eu te amo muito mais.

Tua canção soa em mim como uma voz de algodão.
Limpa meus sonhos e suaviza o meu coração.
Se a tua boca me fala, minha guerra se cala.
Se estás na minha porta, eu já te espero na sala.
É no silêncio que te amo ainda mais.

Fico no silêncio, agora, para te amar sempre e sempre mais...

Comentários

Postagens mais visitadas