Tempo, Tempo, Tempo, Tempo és um dos demônios mais feios.

Caetano consagrou o Tempo como um dos deuses mais lindos. Todavia, assim como um ser iluminado tem sua própria sombra (e quanto maior a luz mais sombra ela produz..), eu digo (hoje) que o Tempo é um dos demônios mais sombrios da humanidade.

Contudo, esse caráter demoníaco do tempo somente se encontra aqui, nesta dimensão da carne, onde provoca estragos. É inconcebível pensar nos prejuízos do Tempo no plano astral, onde a alma e o espírito fazem a sua morada. Lá ele não tem vez. Lá ele é mera ilusão.

Eu me revolto com este demônio Tempo aqui na carne. Aos animais e plantas, ele não tem ancensão alguma, mas para esta sociedade estúpida e hipócrita, ele aniquila, massacra, amedronta. No entanto, a vida inútil deste demônio-deus tem prazo de validade num planeta em evolução. Antes, a distância era demoníaca, agora não. Daqui alguns anos, o Tempo deixará de ser.

Quando o Tempo não provocar tanto alarde na humanidade, quando este demônio não desgastar tanto as células, quando ele deixar de provocar danos na pele, nos cabelos, nos olhos dos outros, ele deixará de causar efeitos nocivos no corpo e na alma.

Pense numa sociedade em que as pessoas não envelhecem. O que este tempo ilusório pode causar nas pessoas? Nada, a não ser experiências, e isso é extremamente benéfico.

Veja, por exemplo, um caso lúdico e bem ilustrativo: o vampiro. Ora, este vampiro pode ter 2812 anos, mas tem cara de jovem. Então, podemos ver um romance de um homem de 2 mil anos com uma moça de 20, não? Sim, o vampiro não existe de fato, mas esta ideologia, sim.

Daí, podemos perceber que na verdade não é o Tempo que provoca a minha indignação, mas o que ele provoca nas pessoas e mais... como as pessoas reagem diante dele.

Eu sou livre para sentir o que quiser? Não. O demônio Tempo não deixa. Na verdade, ele deixa, quem não deixa são os olhos, a língua, a cabeça de um sociedade medíocre e doente.

Eu tenho que fazer contas para amar. Eu não tenho mais tempo para isso.

Tempo, Tempo, Tempo, Tempo és um dos demônios mais feios.

Comentários

Postagens mais visitadas