CHICO PARAPOUCOS

Prezados pagodeiros que rimam amor com flor.
Amados breganejos luansantânicos.
Caros funqueiros apreciadores de cachorras.
Por favor, não comentem e nem olhem para o novo cd do Chico Buarque, "Chico", lançado recentemente. Vocês não vão apreciar.
Continuem a bancar seus artistas.
Esta nova obra é muito inteligente, vocês não vão entender.
As letras são carregadas de literatura, você não vão curtir.
O samba Sou Eu é cantado com o Wilson das Neves, não é o Netinho, nem o Belo.
Se eu soubesse é uma brincadeira delicada com a cantora Thais Culin.
Nina é uma valsa esotérica linda!
Sem Você 2 é a continuação de Sem Você, canção tocante do mesmo autor e que o Djavan um dia injetou num final de canção, vocês não conhecem...
Barrafunda é um azougue de letra, dessas músicas-futebol-escoladesamba que só ele faz.
Querido Diário é uma viagem solitária, uma crônica musicada com toques retirantes.
Essa pequena é um blues sofisticado de uma relação entre um cara mais velho e uma moça com cabelo cor de abóbora. A interpretação é bluseira.
Tipo um Baião é vanguardista e bem construída e bem humorada. A palavra Tremeluzir é o máximo!
Sinhá tem participação do João Bosco, vocês não gostam... É meio Brejo da Cruz...

Isso mesmo, virem o disco, coloquem outro cd, não baixem.
Deixem que eu escuto para vocês.
Obrigado






Comentários

  1. Marcia8.8.11

    Maurício, ouve por mim também? Estarei ocupada ouvindo todos os outros CDs do Chico. Obrigada! rs

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas