A COLHEITA DO QUE QUEREMOS PLANTAR

Não dá pra saber se vai dar certo antes de ter tentado.
Não temos como aferir mais pra frente o que ainda está no começo.
Basta tentar, dar início e prosseguir à espera de algum resultado. Mas, é preciso tempo.
No entanto, qualquer empreendimento, seja ele profissional ou emocional, tem que ter um relógio de maturação.
Semear, plantar, esperar, colher e avaliar se é bom ou ruim.
O que acontece é que as pessoas querem atropelar o tempo certo. Ao invés de semear, querem colher o que nem foi plantado. E assim, acabam consumindo o que ainda está verde.
Outras vezes, as pessoas esperam apodrecer para poder colher. Depois amaldiçoam o fruto. Todavia, não leu o tempo correto da colheita.
Para semear é preciso ter a ideia na mente e saber o que quer.
Para esperar é preciso paciência para usar o tempo propício.
Para colher é necessário ler a hora e o momento exato do amadurecimento.
E para avaliar é preciso ter em mente o que plantou de fato.
Tudo isso deve ser regado com o coração.

Comentários

Postagens mais visitadas