O AMOR E A QUEBRA DE PADRÕES


Oba!!! O mundo cada vez mais quebra estes padrões estabelecidos e odiosos, repletos de preconceitos.
E nós somos atores da quebra destes paradigmas. Não podemos mais nos pautar por esta vida padronizada, não cabe mais! Ideais hipócritas como: o negro namora uma negra, um amarelo, outra amarela, judeu com judeu, moça de 18 anos com um rapaz de 23, homem de 40 com mulher na faixa dos 30, uma mulher alta namora um homem alto...

FIM!!!!!!!!!!!! Não dá mais! AMOR NÃO SEGUE PERFIL E NEM PADRÃO!!!!!!!!

Eu me permito a namorar uma mulher 20 anos mais velha ou nova do que eu, se eu amar, namoro quem eu quiser e me caso! Posso juntar minha vida à uma japonesa loira de 22 anos ou uma mulata de 60. Posso querer namorar um rapaz se eu tiver esta predileção.

Bem, muitas vezes me peguei fazendo contas, mas procuro não fazer mais. Quem faz conta não ama tanto ou nem ama pouco. Tem que passar por cima disso e romper os padrões estabelecidos por uma sociedade que nunca amou de verdade. Mas, não fale apenas que você não é preconceituoso porque é fora de moda, não seja mesmo!!!!

Sem padrões a gente pode amar livremente! Sem padrões, a gente valoriza a alma, o coração e o espírito!

PARE JÁ!!! Manifeste-se contrariamente a estes padrões comportamentais que só embotam a vida da gente!

Meu amor é o meu amor e não o que os antigos padrões estabeleceram para a minha vida! Minha mãe ou meu pai não escolhem meus pares conforme o que eles "acham" que dá certo ou errado. Eu escolho o amor, e se eu amar verdadeiramente uma pessoa, é a pessoa quem eu amo, e não sua ficha técnica dela, e nem seu curriculum vitae.

O mundo passa por transformações. Mude você também! Agora!


Comentários

Postagens mais visitadas