O EPISÓDIO KARMICO DE SANTA MARIA


Há uma afirmação um tanto perigosa rondando nas redes sociais sobre as mortes dos jovens de Santa Maria, no último fim de semana, na boite Kiss. Alguns espiritualistas defendem a ideia de que estes óbitos por asfixia tem a ver com as câmaras de gás dos nazistas durante a 2ª Guerra Mundial. Que estes jovens teriam sido soldados alemães que contribuíram para a morte dos judeus.

Para mim, um espiritualista que crê em vida após a morte e reencarnação, esta possibilidade não é inviável, mas seria leviano afirmar isso categoricamente. Somente os que são chamados Senhores do Karma é que podem conhecer estes processos de ação (karma) e suas reações.

Não existem vítimas no Universo. Se eu defendesse esta postura de vitimismo então delegaria a Deus a culpa de todo o ocorrido. Por que Deus deixou que acontecesse isso? O caso é que Ele não deixou e que, todas as nossas atitudes, por livre-arbítrio, estão registradas numa espécie de arquivo energético (akasha) em nós e no próprio planeta e no Universo. É a nossa memória ancestral. Se você provoca algum dano a você, a algo ou a alguém, isso fica gravado. Quando reencarnamos ou desencarnamos trazemos estas informações em anexo, neste arquivo pessoal. O mecanismo de detonação disso é a auto-culpa e o arrependimento.

No entanto, jamais isso chega como um acerto de contas de Deus e, muito menos, uma vingança. Todavia, este fardo é carregado por muitas vidas e pode aterrissar sob diversas formas: sofrimentos, doenças, dores, perdas...

Todavia, mesmo que tenha sido uma reação de desencarne coletivo, a tragédia de Santa Maria deve ser encarada com muita compaixão, amor, orações. Compadecer é sentir a dor dos familiares e ofertar seu amor para a esperança de melhores tempos. Tudo tem a sua razão de ser.

Algumas pessoas podem ter envolvimento com a afirmação das câmaras de gás, mas isso não é algo tão pronto assim! O Universo não funciona deste jeito. Na visão do Karma, cada caso é um caso. Não dá pra defender que os anjos cármicos reuniram todos os algozes do Holocausto numa boite e os asfixiaram, isso seria imaturo e leviano.

Acredito que o momento agora é de orar pelos jovens, pelos familiares, aprender com estas lições (os jovens e os pais devem ter mais responsabilidades e cuidados), cobrar mais segurança e atitude das autoridades, entre outros.

Não importa o que eles foram, e sim, que são nossos irmãos e que precisam do nosso amor e compaixão.

Comentários

  1. Anônimo31.1.13

    Existem sim resgates coletivos com seres que cometeram o mesmo tipo de erro e tem que passar pelo que fizeram outros passarem. Não se pode afirmar honestamente que em Santa Maria tenha sido esta a questão, apesar de todas as indicações de que foi mesmo, por exemplo, o gás que matou os jovens foi o cianeto de hidrogênio que é o mesmo usado nas camaras de gás.Ainda assim temos que ter compaixão com nossos semelhantes e deixar aos espíritos superiores nos esclarecerem na época certa!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas