PERSEVERA!

Se eu desistisse e congelasse meu coração pelas infâmias do passado, eu não teria aprendido a esquentar meu peito para um presente de Deus.
Se a cada tapa do Destino eu virasse a cara ao mundo, eu também não teria a chance de ter mais um beijo, um afago.
E se a cada queda que a vida me ofertasse, eu apenas deitasse no chão e omitisse meus passos, eu seria apenas um aleijado de coragem.
O que eu quero dizer é que sou corajoso e amo.
E que nenhum não, nenhuma rejeição de alguém, vai fazer eu me perder de mim.

Comentários

Postagens mais visitadas