Depoimento sobre o livro Eu, Pilatos

SENHORES, VOU POSTAR ALGUNS FEEDBACKS DO LIVRO PRESERVANDO AS IDENTIDADES, OK?

"Terminei de ler o seu livro. O que dizer agora?
Me identifiquei com tantos relatos do livro, como o da página 59, pois "sinto esta saudade de alguém que nem sei ao certo quem é", e me considero uma "andarilha", a ponto de me ver andando por uma longa estrada, sem fim.
Não quero tomar o seu tempo, mas preciso de falar algumas coisas. 
Sabe, não sinto necessidade de saber das minhas outras encarnações, mas eu já tinha tido dois momentos de revelação e lendo o livro, tive a minha terceira revelação.
Sei que vivi na época de Jesus e em 1840, em Paris. Infelizmente foram revelações desagradáveis. Mas pensar que tive a oportunidade de olhar nos olhos Dele, sentir o toque de sua mão, e ter perdido tudo isso, é muito dolorido.
Mas fazer o que agora, senão seguir em frente.
Um dia te mostro o que escrevi enquanto lia o seu livro.
Minha mãe me disse, um dia, que o papel aceita tudo, mas eu a corrijo, nosso coração não aceita tudo. Tem que ter um eco dentro de nós para sabermos o que é a verdade.
E eu sempre duvidei que Jesus tivesse dito:" Pai, porque tu me abandonastes?". Já tentei encontrar explicações para isso, mas nunca encontrei nada, mas agora eu sei: Ele não disse isso.
Me perdoe por estar escrevendo tudo isso,(apesar de que teria muitas mais coisas para falar) mas foi mais forte que a razão".

Obrigada por você ter escrito este livro.

Muita Luz!
 
Um grande abraço!

MD

Comentários

Postagens mais visitadas