A FOGUEIRA E AS CINZAS

Certa vez eu disse à minha mãe que fulano tinha ficado com uma menina... Ela me respondeu: - Por que?  Não tinha ninguém para ficar com ela? Certamente era um deboche e a minha mãe completou: - Nunca entendi direito esta história de "ficar". Se eu gosto de um rapaz eu quero ficar com ele sim, mas pra sempre!

Com o passar do tempo eu também acho tão vão alguém ficar com alguém... Creio que se os dois se atraem por que não ter uma história mesmo? Eu compreendo que a molecada queira experimentar bocas e carícias, mas há maneiras mais interessantes para isso... No entanto, pode até ser um jeito de começar algo, mas creio que deve ter continuidade. Ah, mas se não rolou química? Pois é, a velha química não é o fator mais importante porque as pessoas costumam querer começar pelo final. 

Eu creio que todo relacionamento deva ser construído sobre uma base sólida. E o que é uma base sólida? Amizade, companheirismo mútuo, integração, respeito, zelo, carinho e, principalmente, amor. O sexo é muito importante, a liga, a velha química. Mas, podem acreditar que até isso pode vir com o tempo e com o conhecimento do corpo da outra pessoa. 

O Dalai Lama disse, certa vez, que os casamentos e as relações estavam ruindo porque eram erigidos em cima de uma areia movediça, isto é, apenas na atração sexual. Tesão é fogo! Incendeia, queima, arde. É capaz de manter a chama acesa por muito tempo, mas vai diminuindo de intensidade, se tornando azul, quentinha, até ficar brasa e, depois, cinzas. 

Só o amor contempla a fogueira e o que restou dela. Só o amor. 

Comentários

  1. Anônimo1.7.12

    Cara, quanta satisfação encontrar seu blog. Meu, você não sabe o tanto que eu sou fã da sua música 'Jeito de Mato'. Pra mim ela é milhões de vezes maior que 'Garota de Ipanema'. Milhões. Muito mais importante e representa muito mais a história da mulher brasileira do que a música do Tom jobim. Você tem consciência disso não é mesmo? Cara porque a Paula Fernandes não grava mais músicas sua e deixa essa músicas horrorosas do Zezé de Camargo de lado? Faz mais música para a Paula. Pelo amor de Deus, eu quero ver a Paula cantando essas músicas regionais, mas de qualidade. Nem tudo que é música regional e antiga quer dizer que é qualidade, a Paula precisa cantar músicas do porte de 'Jeito de Mato', 'Tristeza do Jeca', 'Cheiro de Relva', 'Cuitelinho'... cara faça mais músicas dessas para ela. Porque ela não gravou mais suas músicas? Satisfação demais encontrar seu blog. Abraçosss.

    ResponderExcluir
  2. Meu caro amigo, agradeço de coração seus elogios! E isso só me faz perseverar no meu pequeno sacerdócio de poeta e compositor. Nossa singela Jeito de Mato é uma bela composição, modéstia a parte,mas nem de longe se compara a qualquer obra do mestre dos mestres Antonio Carlos Jobim!

    Talvez a Paula Fernandes esteja num outro momento da carreira dela, mas o que é bom sempre ficará vivo.

    Muito obrigado! E continue por aqui!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas