OLHA O TEU RABO MACACO!

Gosto muito daquele ditado: quando apontares um dedo ao teu próximo, saiba que três estarão apontados para ti.

Curioso como têm pessoas que reclamam, são mal-humoradas, criticam o tempo todo, e quando a gente faz isso elas se incomodam... Não é um contrassenso?

Instale um espelho em frente a você. Todos os dias! O que o outro faz, você também faz ou pode fazer em pequena ou larga escala.

Há atitudes condenáveis? Sim, há, mas não compete a gente estabelecer o karma. Nós julgamos o tempo todo, temos o chamado "livre-arbítrio". E creio que isso seja natural para discernirmos o que é bom ou ruim para nóis. Mas, condenar não compete à gente.

Eu reclamo, eu critico, eu abro o berreiro, mas não enforco, não assassino em praça pública.

O mais engraçado é que eu escuto e vejo isso todos os dias dos outros e não os taxo de chatos. Mas, quando eu deito reclamações, eu sou o chato.

Sabe de uma coisa: olha o teu rabo, macaco!

Comentários

Postagens mais visitadas