UM DIA DOS NAMORADOS


Ah, o dia dos namorados... Uma noite mágica!

A gente se prepara, coloca a nossa roupa de domingo, se borrifa do melhor perfume e vai buscar a amada.

O casal resolve comer uma raclete suiça ou uma fondue de queijo. A espera é de duas horas... O romantismo está no ar! Então, desistimos das refeições invernais e partimos pra algo mais francês. Lotado. A opção é um italiano mesmo, mais simples, tranquilo, mas um restaurante, não uma cantina. Fila na porta. Já passa das onze e meia... Ah, vamos comer algo mais leve, um sushi japonês. Não dá nem pra chegar, trânsito. Já passa da meia-noite e já é dia 13. A fome nos assola. Ah, pelo amor de Deus, nem que seja um fast food! Mais espera. Resolvemos esperar. Já são 1 da manhã e o humor já foi pro saco. O romantismo acabou. E ainda temos medo de arrastão... Não dá mais pra esperar... Já são 1h30 da manhã. Fomos embora. Paramos numa padoca 24 horas e nos enchemos de sanduba com coca zero...


Comentários

Postagens mais visitadas