OS AMIGOS DO OBA OBA

Acabo de fazer a varredura na minha vida e arrancar de vez o que eu chamo de Amigos do Oba Oba. Gente que só lembra de você quando precisa ou quando quer apenas se divertir. Estou farto disso!
Esse tipo de amizade lê-se Oportunismo. Quando está triste, fudido e mal pago, arrebentado emocionalmente, corre atrás de você, principalmente se precisa de um terapeuta ou de uma diversão. Mas, quando a gente pesa os momentos que a pessoa não está quando você precisa dela, a gente percebe o quanto é oportunista. Essas pessoas são vãs, nunca serão profundas. Algumas ainda têm a pretensão de ser terapeutas e cuidar dos outros, mas somente visam Interesses. Não vão pra frente.

Minha ex amiga, eu não sou raso, sou profundo. Tenho personalidade e caráter. Não sou vago, nem vão. Da minha boca saem as piadas e o conteúdo. Não uso, não abuso, não te procuro quando preciso. Aliás, sempre ofereço. Não sou mesquinho como você. Não sou oportunista como você. Não sou imaturo como você. Cresça e desapareça! O que você precisa é de gente vaga e vã, amigos do Oba Oba assim como você é. Semelhante atrai semelhante. Junte-se aos teus iguais. Aqueles que não produzem nada e que vivem numa festa perene e eterna porque buscam lá fora o que não conseguem enxergar dentro.

Comentários

  1. Prezado Mauricio Santini, gostei do seu texto, ou melhor, do seu desabafo. Passamos por situação semelhante aqui na rádio Melodia de Rio Preto: Temos pelo Brasil e pelo mundo Milhares de ouvintes oba oba que "amam" de paixão o conteúdo que a emissora transmite diuturnamente há dez anos na Web. Contudo, meu caro Mauricio, aqueles que se preocupam com a nossa permanência no ar, com as nossas despesas mês a mês, representam uma minoria que chora conosco vendo a precaridade da participação popular junto à rádio. É exatamente tudo isso que você coloca no seu texto.
    A Melodia tem milhares de ouvintes mas poucos amigos!

    Abraços,

    Osmar Santos

    www.melodiaweb.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas