22 - OCEANO - DJAVAN - SÉRIE "AS 100 MELHORES MÚSICAS DO BRASIL"


"Amar é um deserto e seus temores. Vida que vai na cela destas dores". A canção "Oceano" foi lançada em 1989, num disco memorável (creio que só perde para o autoral "Luz", de 1982). A faixa tem a participação do majestoso Paco de Lucia, violonista espanhol que tive o prazer de ver tocar ao vivo. O solo de Lucia é um dos pontos altos da música.

A letra é belíssima e a melodia, arrebatadora. Uma canção completa. Creio que foi a última grade obra-prima do cantor e compositor alagoano Djavan.

O começo da letra tem uma frase belíssima: Assim que o dia amanheceu lá no mar alto da paixão,
dava prá ver o tempo ruir...

Eu gosto também da versão de Caetano, com voz e violão. Mas, a do próprio autor é definitiva.

OCEANO

Assim
Que o dia amanheceu
Lá no mar alto da paixão,
Dava prá ver o tempo ruir
Cadê você?
Que solidão!
Esquecera de mim?
Enfim,
De tudo o que
Há na terra
Não há nada em lugar
Nenhum!
Que vá crescer
Sem você chegar
Longe de ti
Tudo parou
Ninguém sabe
O que eu sofri...
Amar é um deserto
E seus temores
Vida que vai na sela
Dessas dores
Não sabe voltar
Me dá teu calor...
Vem me fazer feliz
Porque eu te amo
Você deságua em mim
E eu oceano
E esqueço que amar
É quase uma dor...
Só sei viver
Se for por você!

Escute:
http://letras.terra.com.br/djavan/11337/

Comentários

Postagens mais visitadas