SONETO SEM NEXO

Eu me rendo ao meu amor por você
E choro todos os dias ao lembrar-te
Mesmo sem te tocar eu te toco para dentro de mim
E assim te broto em meus olhos como uma lágrima

Eu entrego totalmente o meu amor pra você.
E  não há poema que expresse o que eu sinto.
As palavras ficam poucas, eu mal consigo ver o que escrevo
A tua poesia é desconexa, diferente de todas.

Não há rima, eu sei, mas eu não consigo mesmo.
Poderia tentar uma agora assim a esmo.
Mas, nada expressa a vontade louca de correr pra você.

Ah, minha alma, amor meu, meus dias com vida.
Ah Deus, essa letra sem nexo, sem lida, sem tema.
Que não consigo escrever e terminar o poema.

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas